Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver
TV No hospital, Claudia Rodrigues manda mensagem para os fãs Internada há oito dias devido a uma infecção, atriz chegou a correr o risco de perder a visão

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/11/2017 21:57 Atualizado em: 25/11/2017 07:44

Atriz mostra antes e depois da herpes no olho. Foto: Arquivo Pessoal
Atriz mostra antes e depois da herpes no olho. Foto: Arquivo Pessoal

A atriz Claudia Rodrigues gravou um vídeo nesta sexta-feira (24) para informar aos fãs sobre o seu estado de saúde. Ela está internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, há oito dias devido a uma infecção causada pela herpes-zóster, o vírus da catapora, e chegou a correr o risco de perder a visão. "Quero dizer que os meus olhos desincharam, e já vão sair as cascas das feridas que estão aqui e, se Deus quiser, eu vou ter alta logo, logo. Vou sair daqui e volto feliz para a clínica Cevisa - interior de São Paulo -, e para o tratamento Bemer, que eu vou fazer de novo, mais 45 dias", conta a artista na filmagem.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre 

A atriz também autorizou a divulgação de imagens que mostram seu "antes e depois", comparando quando chegou ao hospital e como está agora, após uma semana de tratamento. Antes da atual internação, ela já estava internada em uma clínica no interior de São Paulo há nove meses, testando novos tratamentos para se curar da esclerose múltipla. De acordo com sua empresária, ela tinha previsão de alta para dezembro, mas terá de voltar aos tratamentos já que teve de interromper por causa da infecção.

Claudia Rodrigues ficou conhecida por papéis como Marinete, no seriado humorístico A diarista (2204 - 2007), a secretária Karina em Caça talentos, além de diversos personagens de destaque em programas como Zorra total, Sai de baixo, Escolinha do professor Raimundo e Casseta & planeta urgente. A atriz foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2010. Cinco anos depois, chegou a se submeter a um transplante de células-tronco para fazer com que a doença (que não tem cura) não se manifestasse mais.

Assista ao vídeo:



Acompanhe o Viver no Facebook:



Como funciona a Medicina Preventiva?
Primeira Pessoa com Raiane Margot
Exposição resgata histórias de jornais centenários
Um teste com o novo Renault Logan
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco