Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver
Festival Cidade celebra 120 anos de Lampião com mais de 40 atividades gratuitas Serra Talhada, no Sertão perambucano, recebe o Tributo a Virgolino: A celebração do cangaço a partir do dia 26

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/07/2017 08:31 Atualizado em: 17/07/2017 17:06

Na programação, José Pimentel dirige e estrela o espetáculo O Massacre de Angico: A Morte de Lampião. Foto: Álvaro Severo/Divulgação
Na programação, José Pimentel dirige e estrela o espetáculo O Massacre de Angico: A Morte de Lampião. Foto: Álvaro Severo/Divulgação

No dia 7 de julho de 1897, nascia no Sítio Passagem das Pedras, zona rural de Serra Talhada, Sertão de Pernambuco, Virgulino Ferreira da Silva, popularmente conhecido como Lampião. Para celebrar os 120 anos do "Rei do Cangaço", umas das figuras históricas mais importantes do Nordeste e do Brasil, a Fundação Cultural Cabras de Lampião realizará, entre os dias 26 e 30 de julho, o evento Tributo a Virgolino: A Celebração do Cangaço - 120 Anos de Lampião. Serão 47 atividades culturais gratuitas, entre projeções de filmes, exibição de espetáculos teatrais, exposições fotográficas, shows, quadrilhas juninas e apresentações de poetas, contadores de causos e capoeiristas.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

A movimentação cultural será realizada na Escola de Referência em Ensino Médio Professor Adauto Carvalho (EREMPAC), no Colégio Municipal Cônego Torres, na área de alimentação da Feira Livre, no Museu do Cangaço e na Estação do Forró (antiga Estação Ferroviária). Na agenda, estão os grupos Sertão Frevo, As Belas da Vila, Resistência das Ruas e Gilvan Santos, além de Zé de Oliveira e Francinaldo Oliveira, Adênio Mourato no Forró de Todo Mundo, Damião Enésio e Zé Carlos do Pajeú, Rinaldo Aleixo e Zé Bartolomeu, Banda de Pífanos Santo Antonio, Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, Bacamarteiros do Pajeú e Marquinhos do Acordeom e o Forró Danado de Bom.

Durante todos os dias do evento, será exibido ainda o espetáculo O massacre de Angico: A morte de Lampião, às 20h, na Estação do Forró. Com 50 atores e 70 figurantes, além de 40 profissionais na equipe técnica e administrativa, a montagem tem direção do ator e dramaturgo José Pimentel, que também integra o elenco no papel do cangaceiro Corisco. Antes da peça, o evento promove a exibição do curta-metragem Lampião e o fogo da Serra Grande, produzido pela Fundação Cultural Cabras de Lampião. Haverá ainda a exposição Fotografias do cangaço, de Paulo Rodrigues, no Museu do Cangaço.

Confira a programação completa:


ESCOLA EREMPAC
Dia 26/07 (quarta-feira)
10h - Grupo Sertão Frevo
Dia 27/07 (quinta-feira)
10h - Grupo Samba de Côco As Belas da Vila.
Dia 28/07  (sexta-feira)
10h - Mistura Pernambucana

COLÉGIO MUNICIPAL CÔNEGO TÔRRES
Dia 26/07 (quarta-feira)
10h - Grupo de Hip Hop Resistência das Ruas
Dia 27/07 (quinta-feira)
10h - Capoeira Muzenza
Dia 28/07 (sexta-feira)
10h - Grupo Gilvan Santos (ciranda e samba de coco)

ÁREA DE ALIMENTAÇÃO DA FEIRA LIVRE
Dia 26/07 (quarta-feira)
10h - Damião Enésio e Zé Carlos do Pajeú.
11h - Apresentação da Quadrilha Estação da Farra.
Dia 27/07 (quinta- feira)
10h - Zé de Oliveira e Francinaldo Oliveira
11h - Adênio Mourato no Forró de Todo Mundo
Dia 28/07 (sexta-feira)
10h - Rinaldo Aleixo e Zé Bartolomeu
11h - Zé de Deus e Sua Cambada
Dia 29/07 (sábado)
10h - Cícero de Souza e Antônio José
11h - Apresentação da Quadrilha Junina Flor do Sertão

MUSEU DO CANGAÇO
Dia 26/07 (quarta- feira)

10h - Abertura da exposição Fotografias do cangaço, de Paulo Rodrigues
Dia 30/07 (domingo)
10h:  A celebração do cangaço, com Padre Jorge Adjan e Pastor Júnior. Participação: Banda de Pífanos Santo Antonio, Bacamarteiros do Pajeú, Grupo de Xaxado Cabras de Lampião, Poeta Patrimônio Vivo Dedé Monteiro, Poeta e Contador de Causos Clênio Sandes e Marquinhos do Acordeom e o Forró Danado de Bom

ESTAÇÃO DO FORRÓ
Dia 26/07 (quarta-feira)

17h - Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço
18h - Humberto Cellus e Produto Nordestino
19h30 - Grupo de Xaxado As Belas da Vila
20h - Exibição do curta-metragem Lampião e o fogo da Serra Grande
20h30 - Espetáculo teatral O massacre de Angico: A morte de Lampião
Dia 27/07 (quinta-feira)
17h - Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço
18h30 - Forró Sambado Ivaldo Nogueira e Kakazinho
19h30 - Grupo de Xaxado Zabelê
20h - Exibição do curta-metragem Lampião e o fogo da Serra Grande 20h30 - Espetáculo teatral O massacre de Angico: A morte de Lampião
Dia 28/07 (sexta-feira)
17h - Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço
18h30 - Eronildes Nogueira e o Forró Original
19h30 - Grupo Herdeiros do Xaxado
20h - Exibição do curta-metragem Lampião e o fogo da Serra Grande
20h30 - Espetáculo teatral O massacre de Angico: A morte de Lampião
Dia 29/07 (sábado)
17h - Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço
18h30 - Arnor de Lima na Pisada Certa
19h30 - Grupo de Xaxado Gilvan Santos
20h - Exibição do curta-metragem Lampião e o fogo da Serra Grande
20h30 - Espetáculo teatral O massacre de Angico: A morte de Lampião

Dia 30/07 (domingo)
17h - Feira de Artesanatos e Livros do Cangaço
18h30 - Naldinho Carvalho e Tição de fogo.
19h30 - Grupo de Xaxado Cangaceiros de Vila Bela
20h - Exibição do curta-metragem Lampião e o fogo da Serra Grande
20h30 - Espetáculo teatral O massacre de Angico: A morte de Lampião

Acompanhe o Viver no Facebook:




On trend: como construir um estilo próprio
Resenha SuperEsportes: Yane Marques
De 1 a 5: Mulheres no Cinema
Maria, mãe de um povo ferido
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco