Música Feira de Vinil terá Som na Rural e lançamento do Projeto Sal Evento musical gratuito ocorre no Paço Alfândega, neste domingo

Por: Larissa Lins - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/01/2017 10:02 Atualizado em:

Grupo já participou de diferentes festivais de música, incluindo o Coquetel Molotov e Desbunde Elétrico. Foto: Ray Andrade/Divulgação
Grupo já participou de diferentes festivais de música, incluindo o Coquetel Molotov e Desbunde Elétrico. Foto: Ray Andrade/Divulgação


Marco de nova fase do Projeto Sal, o EP Sem medo, sem freio, sem dor (Independente, R$ 9,99) ganha show de lançamento nesse domingo (22), durante a Feira de Vinil da Passa Disco, no Paço Alfândega (Rua da Alfândega, 35, Bairro do Recife), a partir do meio-dia. Formado pelos pernambucanos Jáder Cabral (vocal e guitarra), Guilherme Assis (guitarra e sintetizadores), Breno Lins (baixo) e Rafael Baltro (bateria), o Projeto Sal, antes composto por seis músicos, apresenta nova formação e repertório inédito.

São quatro faixas assinadas por Jáder, inspiradas no processo humano de amadurecimento e em dúvidas existenciais. "Elas falam sobre crescimento, indagações sobre qual rumo tomar, a busca pelo autoconhecimento", explica o vocalista. Sem medo, sem freio, sem dor foi gravado no Recife, entre o Paço do Frevo, Estudio das Cavernas e Phono Produções. 

Em relação aos primeiros anos de atividade do grupo, criado em 2012, a sonoridade ganha, agora, contornos mais eletrônicos. "Deixamos de lado o violão, a pegada mais MPB, e partimos para o rock com ambiência eletrônica", descreve Jáder. No show deste domingo, os pernambucanos apresentam não somente as quatro faixas do novo projeto, mas composições anteriores e versões de Tom Zé.

A Feira de Vinil da Passa Disco começa ao meio-dia e segue até as 21h, apresentada pela Passa Disco e pelo Som na Rural, com participação de Rodrigo Coutinho, DJ Dolores e Patrick Tor4. A entrada é gratuita. Informações: 3268-0888. 

Acompanhe o Viver no Facebook:

Viver





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.