Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Viver
TV Comic Con: Artista de Game of Thrones fala sobre concepção de cenas da série Will Simpson desenha os storyboards da série desde a primeira temporada

Por: Breno Pessoa

Publicado em: 03/12/2016 17:00 Atualizado em: 03/12/2016 14:53

Artista já trabalhou também nos quadrinhos, em títulos como Batman e Hellblazer. Foto: Breno Pessoa/Especial para o Diario
Artista já trabalhou também nos quadrinhos, em títulos como Batman e Hellblazer. Foto: Breno Pessoa/Especial para o Diario

SÃO PAULO – Muito provavelmente a maioria das pessoas que acompanha Game of thrones desconhece Will Simpson, mas o trabalho desempenhado pelo irlandês é fundamental para o desenvolvimento da série. Artista de storyboard do programa desde o início, ele é responsável pela idealização de cenas que ficaram na cabeça de telespectadores, como a execução de Ned Stark, na primeira temporada. Convidado da HBO para a Comic Con Experience, o desenhista concedeu entrevista exclusiva ao Viver.

“Comecei trabalhando para a série antes mesmo de saber que era Game of thrones”, diz o artista. A pedido do seu agente, preparou uma série de desenhos conceituais com a temática de fantasia medieval, como castelos e cenários. Mantido em segredo pela emissora, a revelação sobre o projeto só veio após a aprovação do material produzido pelo artista.

"Antes de me definir como desenhista de storyboard, me considero um artista", conta, destacando a importância do trabalho na concepção de cenas. O desenhista atua também nos quadrinhos desde os anos 1980, tendo trabalhado em títulos como Batman, Hellblazer e Juiz Dredd
Página de storyboard de episódio da segunda temporada, no traço de Simpson. Foto: HBO/Divulgação
Página de storyboard de episódio da segunda temporada, no traço de Simpson. Foto: HBO/Divulgação

Embora já conhecesse a obra, Simpson ainda não havia lido a nenhum dos livros que inspiraram o seriado, chamados no Brasil de As crônicas de gelo e fogo. “Li o primeiro livro e comprei o segundo, mas acabei não conseguindo ler por falta de tempo. Comprei o terceiro livro e aconteceu a mesma coisa”, conta, revelando que acabou desistindo de acompanhar a saga literária por conta da fidelidade da adaptação televisiva. “Não vou mais dar dinheiro para o George R. R. Martin”, brinca sobre o criador de Game of thrones.

A parte mais desafiadora do trabalho, comenta Simpson, é traduzir em imagens do storyboard as ideias descritas no roteiro para os desenhos que irão conduzir as imagens. Sobre o próximo ano da série, Simpson conta que não pode adiantar nenhum detalhe, mas que os fãs podem esperar cenas ainda maiores do que as vistas nos anos anteriores. “E também algumas pequenas coisas, claro. Mas igualmente importantes”, diz.

Aliás, o trabalho de produção dos storyboards da sétima temporada havia sido encerrado há cerca de dez dias. "Mas me ligaram avisando que vão precisar de novas cenas", comenta. "E eu achando que estava livre", diz, sem lamentar a necessidade de retornar ao lápis.  

CCXP – Realizada desde 2014 em São Paulo, a Comic Con Experience (CCXP) está na terceira edição e é considerada uma das maiores convenções da cultura pop do mundo. A expectativa da organização é receber até 180 mil pessoas nos quatro dias de evento. A programação inclui painéis de estúdios de cinema, TV e editoras de quadrinhos, além de concursos de cosplay, torneios de videogame, sessões de autógrafo com artistas e outras atividades.

Em 2017, o evento terá uma versão regional, no Recife, entre os dias 13 e 16 de abril. A chamada CCXP Tour Nordeste é a primeira edição fora de São Paulo e deve seguir os moldes da convenção original, com atrações e programação exclusivas. * O repórter viajou a convite da organização da Comic Con Experience.

João e os 50 anos de colunismo social
Comerciantes e moradores da várzea pedem por saneamento básico
Saúde bucal na adolescência
Primeira Pessoa com Wladimir Reis
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco