Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver
Música São João: dez discos de forró lançados por pernambucanos em 2016 Som da Terra, Jorge de Altinho, Trio Sabiá e Humberto Barbosa estão entre os artistas com trabalhos recém-lançados no mercado

Por: Larissa Lins - Diario de Pernambuco

Publicado em: 22/06/2016 19:39 Atualizado em: 22/06/2016 17:03

Músicos pernambcuanos lançam discos em temporada junina e resgatam forró pé-de-serra. Fotos: Reprodução da internet
Músicos pernambcuanos lançam discos em temporada junina e resgatam forró pé-de-serra. Fotos: Reprodução da internet

O resgate do forró de raiz, com protagonismo da combinação tradicional entre triângulo, zabumba e sanfona, e a homenagem a ídolos do cancioneiro nordestino, como Luiz Gonzaga e Dominguinhos, permeiam a nova safra de discos lançados no mercado local. Neste mês, pelo menos dez álbuns orquestrados por pernambucanos chegam às prateleiras dotados de expressões populares da região, referências ao folclore pernambucano, cenários e costumes sertanejos. Propagam letras cuja missão é propagar ritmos pouco empregados fora do calendário junino, como o xaxado, o baião e o xote.

Confira o roteiro de shows no Divirta-se

Cearense radicado em Pernambuco, o cantador Santanna é um dos que aproveita a proximidade do São João, celebrado no próximo dia 24, para ofertar ao público o novo O forró nosso de cada poesia (Independente, R$ 20), sem show de lançamento. “É um disco de forró, xote, baião e arrasta-pé, inspirado na cultura nordestina. Comecei a cantar as músicas dele no fim do ano passado, pois é necessário que o povo conheça, se familiarize com as letras, antes de me apresentar”, explica o artista. O DVD Frutificando, lançado pelo pernambucano Flávio Leandro na primeira semana deste mês, endossa a lista, com tributo a Petrolina, município do Sertão pernambucano onde o artista começou a ganhar fama. Na esteira, Jorge de Altinho, Liv Moraes, Assisão, a banda Som da Terra, Humberto Barbosa e o Trio Sabiá sobem aos palcos do Recife, do Agreste e Sertão pernambucanos nos próximos dias com composições inéditas e melodias de raiz.

Forrozança, R$ 15
Som da Terra
Com show marcado no Alto do Moura, em Caruaru, no dia 23 deste mês, a banda pernambucana Som da Terra compilou sete faixas autorais e três parcerias - A natureza das coisas (Accioly Neto), Expresso 2222 (Gilberto Gil) e Bagaceira (um arrasta-pé encomendado a Rogério Rangel) - no recém-lançado Forrozança. O encarte do disco tem formato de sanfona, idealizado pelo vocalista Rominho Pimentel. As sete autorais foram escritas no último ano e predominam os xotes românticos. “Recomeço, que abre o disco, é nossa nova música de trabalho. O disco é inspirado em histórias de amor, as letras são mais românticas e universais do que voltadas às tradições da região”, conta Rominho.

Os dois doido de pedra, R$ 10
Assisão e os Cabras de Lampião
O cantor e compositor serratalhadense Assisão se une ao grupo Os Cabras de Lampião no novo disco, com o qual embarcaram em turnê pelo Agreste e Sertão pernambucanos. Os dois doido de pedra homenageia o cangaço e, em ritmo de xaxado, narra histórias folclóricas da região. Para os músicos, o xaxado é um ritmo pouco gravado nos últimos anos, que merecia resgate no mercado fonográfico. Curiosidades em torno da história de Serra Talhada também permeiam o álbum, no qual a zabumba é marcante, instigando a coreografia tradicional do xaxado nordestino.

Meu forró, R$ 15
Accioly Neto
Lançado originalmente em 2001, o disco do cantor e compositor natural de Goiana, na Zona da Mata Norte pernambucana, ganha nova roupagem e o acréscimo de música inédita neste ano - Veneza, veneza, que encerra o repertório. Entre as canções mais conhecidas e incluídas no CD, estão Espumas ao vento, Me diz amor e Lembranças de um beijo. Accioly Neto é conhecido por assinar letras popularizadas nas vozes de Fagner, Elba Ramalho, Flávio José, Nando Cordel, Roberta Miranda e Fábio Junior. Originalmente produzido por Robertinho do Recife, o álbum ganha, agora, edição do selo Passa Disco.

Coletânea Forrozeiros PE 2016, gratuito
Vários intérpretes
Pelo quarto ano, o site Forrozeiros PE lança coletânea de sucessos regionais de diversos intérpretes. Os pernambucanos Dominguinhos e Ivan Ferraz têm canções compiladas no álbum, que contempla, ainda, os paraibanos Genival Lacerda e Novinho da Paraíba, além de outros músicos nordestinos. O disco tem 21 faixas e está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e no site Forrozeiros PE, no ar há quatro anos. A coletânea tem por propósito mesclar produções tradicionais do cancioneiro regional a novos talentos do forró.

Estradar, R$ 22,90
Humberto Barbosa
O forrozeiro natural de Petrolina, no Sertão pernambucano, lança Estradar. Além da faixa homônima, Lenha na fogueira, Moça morena, Cheiro no cangote e Saga do amor estão no disco. Barbosa é conhecido por defender o forró-pé-de-serra e seus cruzamentos com a MPB. O músico se declara influenciado pelo xote e baião tradicionais do Nordeste brasileiro, mas também pela obra de Zé Ramalho, Geraldo Azevedo e Lenine. Em Estradar, Humberto Barbosa faz ode aos ritmos nordestinos e apresenta composições românticas e inspiradas nos cenários sertanejos e expressões populares da região.

Trio Sabiá - 30 anos, R$ 15
Trio Sabiá
Celebrando três décadas de estrada, o Trio Sabiá lança disco comemorativo com faixas que marcaram a carreira do grupo, dedicado desde o início da trajetória ao forró de raiz. Pernambucanos como Maciel Melo a dupla Caju e Castanha participam do disco, que reúne, ainda, parceiros como Trio Nordestino, Joquinha do Acordeon, Anastácia e Falamansa. Lançado neste mês, o álbum aproveita as festividades juninas e inclui as canções Pra te dar amor, Flor de açucena, De João para João, Tu e eu e Sem não, nem talvez. O Trio Sabiá faz shows pela região Nordeste do país neste mês, em turnê dedicada a resgatar fases marcantes da carreira do grupo.

Forró da beira da linha, gratuito
Severino Araújo
Conhecido por assinar marchinhas de carnaval, o compositor pernambucano Severino Araújo lança neste mês Forró da beira da linha, com 12 faixas autorais. As canções são interpretadas por convidados, entre Dudu do Acordeon, Cristina Amaral, Rogério Rangel, Ivanildo Silva e Cezzinha, com arranjos do maestro Fábio Valois. A composição que dá nome ao disco é inspirada em conversas de Araújo com um amigo taxista, a quem ele dedica a música, uma das dez inéditas do disco. “É meu segundo álbum dedicado ao forró. Se um camarada dá uma cusparada na rua, me inspira a fazer uma letra cômica. Em Mulher fogosa, por exemplo, brinco com a questão da malícia… Em algumas faixas, homenageio Zé Limeira e Dominguinhos”, conta o artista, que está distribuindo o disco gratuitamente.

Nativo, gratuito
Jorge de Altinho
Com 12 faixas, sendo dez inéditas e duas regravações, Jorge de Altinho resgata proposta com a qual deu início à carreira, somando arranjos de sopro e guitarra ao forró de raiz. As letras envolvem romantismo e referências à cultura popular pernambucana. “Estou retomando o começo da estrada, sobretudo para lembrar de quem somos herdeiros e que herança vamos deixar para as novas e próximas gerações”, diz o músico sobre o novo trabalho, no qual zabumba, sanfona e triângulo são protagonistas. “Os xotes são convite para dançar juntinho”, brinca. No álbum, disponível para download gratuito no site do artista, Altinho faz parceria com Jorge Silva (em Apagando fogo) e Marquinhos Maraial (em Abençoado e Minha Maria).

É você, R$ 29,90
Liv Moraes
Gravado há seis anos, o disco traz à tona composições pouco conhecidas de Dominguinhos, pai de Liv Moraes. Eles registraram as músicas em estúdio, juntos, quando o sanfoneiro ainda estava vivo. É você, Oi lá vou eu, Teu carinho, São João Bonito/Fogueira no quintal e Doce princípio têm participação de Dominguinhos. “Embora gravado há muito tempo, o disco foi lançado neste mês, em show no Clube das Pás. O disco segue o estilo de Dominguinhos, gravado de improviso, reunindo músicas com as quais tenho afinidade”, conta Liv. A proposta do lançamento, além de celebrar o período junino, é homenagear Dominguinhos, morto em julho de 2013.

Toró de alegria, R$ 10
Remanso do Forró

Naturais de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, Sérgio Feitosa, Natalício Sales, Andre Zinho, Zé Urbano, Mestre Lua e Charle Brown lançam Toró de alegria com composições e melodias inspiradas em Luiz Gonzaga, ídolo do grupo. Além de canções autorais, eles dão voz a letras de Xico Bizerra, Sérgio Feitosa, Duda Ferraz, entre outros. São 12 faixas, entre Sina de sertanejo, Teflon, Diário de uma mucama e Levante o dedo, além da música que dá nome ao disco.

Destaques de 13/07: Protesto por Miguel, partido tenta filiar mortos e corpo de atriz encontrado
Ao vivo com Pedro Guimarães : Auxílio Emergencial e FGTS
Rua do Bom Jesus está no topo do ranking das mais belas, diz revista americana
Destaques da semana: restaurantes vão reabrir, Bom Jesus entre as mais belas ruas e volta do futebol
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco