Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver
TV Cineastas pernambucanos investem na TV com série policial Delegado, que deve ser filmada em 2016, terá direção de Leonardo Lacca (Permanência), Tião Marcelo Lordello

Publicado em: 04/08/2015 09:00 Atualizado em: 04/08/2015 12:19

Leonardo Lacca (Permanência) é um dos diretores da série Delegado. Foto: Brenda Alcantara/Esp. DP/D.A Press
Leonardo Lacca (Permanência) é um dos diretores da série Delegado. Foto: Brenda Alcantara/Esp. DP/D.A Press

Dos 13 projetos aprovados no Funcultura deste ano, três são de seriados de ficção para televisão desenvolvidos por cineastas pernambucanos. Além de Fãtástico, de Henrique Spencer, e Giga, de Taciano Valério, Delegado marca a estreia dos cineastas Leonardo Lacca (Permanência), Tião (Sem coração) e Marcelo Lordello (Eles voltam) no universo da TV. O projeto foi aprovado no Funcultura para uma temporada com oito episódios.

Com incentivo de aproximadamente R$ 1,2 milhão, o seriado policial terá capítulos de 24 minutos e abordará a transição para delegado de um estudante de direito classificado em concurso público. A premissa é sobre um homem que não vislumbra ser policial, mas encara a profissão após a aprovação. Delegado pode ser a primeira série de ficção pernambucana com longevidade. De acordo com os diretores, o projeto tem um arco dramático para cinco temporadas. “Série é outra lógica. Você trabalha muito a longo prazo. A gente tem uma primeira temporada bem estabelecida e já desenvolvida. As outras, temos uma essência”, adianta Lacca.

Os realizadores já entraram em contato com alguns canais de TV paga. “A ideia surgiu de uma vontade nossa de visitar o universo da televisão, que para a gente sempre foi uma referência e um exercício de cinefilia”, justifica Lacca, mencionando o seriado Twin Peaks, do diretor David Lynch, como exemplo. Os roteiros de alguns episódios estão prontos, mas a série só será filmada em 2016. Os três devem se revezar na direção.

Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco