Diario de Pernambuco
Busca

Saúde

Profissionais da saúde bucal receberão capacitação para atender gestantes

O cuidado odontológico é tema de atualização de profissionais da Atenção Primária

Publicado em: 12/03/2024 16:00

As aulas serão realizadas em Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Olinda, Recife e Vitória de Santo Antão (Foto: Maíra Arrais)
As aulas serão realizadas em Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Olinda, Recife e Vitória de Santo Antão (Foto: Maíra Arrais)

Cirurgiões dentistas, auxiliares e técnicos de saúde bucal que atuam na Atenção Primária que atuam na na Atenção Primária da rede estadual de saúde irão participar de uma capacitação para atender gestantes. Ao todo, 400 profissionais da saúde realizarão o processo a partir desta terça-feira (12) na  Escola de Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE).

A capacitação é promovida pela Secretaria Estadual de Saúde, por meio da Coordenação Estadual de Saúde Bucal e segue até o dia 2 de maio. A ação é direcionada às equipes da I Regional de Saúde (I Geres) cujos municípios não atingiram a meta mínima de atendimento odontológico às gestantes durante o pré-natal em 2023.

Estes municípios deveriam ter ofertado pelo menos uma consulta odontológica a 60% das gestantes. Entre os locais que não atingiram a meta estão Abreu e Lima, Itamaracá, Paulista, Vitória de Santo Antão, Chã Grande, Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca, Recife, Camaragibe e Olinda. 

Também participarão da capacitação os profissionais de saúde bucal que atuam no Sistema Prisional, voltado para a assistência às gestantes detentas.

“É importante que sejam fomentadas ações de formação destes profissionais visando conseguir efetivar a política de saúde pública e efetivar o cuidado com o paciente. Diante disso, esperamos um profissional qualificado tecnicamente para atender essas gestantes e, como consequência, uma melhoria nos indicadores municipais”, explica a coordenadora de Educação Profissional em Saúde da ESPPE, Kellyane Santos.

As aulas serão realizadas em Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Olinda, Recife e Vitória de Santo Antão. 

“Este curso é uma das estratégias da Coordenação Estadual de Saúde Bucal para fortalecer e aprimorar a Atenção Primária à Saúde Bucal nos municípios do estado. Seu objetivo principal é fortalecer a atuação dos profissionais de saúde bucal no pré-natal, reconhecendo a importância do pré-natal odontológico na detecção precoce de doenças, bem como no processo de orientação e promoção de hábitos saudáveis. Tais medidas visam garantir não apenas a saúde bucal da pessoa gestante, mas também o bem-estar geral dela e do bebê durante e após a gestação”, destaca a Coordenadora de Saúde Bucal da SES-PE, Pamella Paixão.

Durante o curso, os profissionais receberão a cartilha “Pré-natal no Dentista. Mito ou verdade?”, que irá destacar que doenças como a gengivite e a periodontite podem aumentar o risco de complicações na gravidez e influenciar no nascimento do bebê, influenciando no parto prematuro ou o baixo peso do bebê ao nascer.  

Além disso, a cartilha desmistifica mitos e verdades sobre os cuidados com a saúde bucal. Entre eles o uso de anestesia, que no caso de gestantes é permitido, pois existem anestésicos seguros para este público. 

Outro mito apresentado é o enfraquecimento dos dentes durante a gestação por conta da perda de cálcio para formação dos dentes do bebê. Na verdade, tanto o cálcio quanto os nutrientes necessários para formar os dentes dos bebês vêm da própria alimentação da gestante.

A cartilha também mostra o que é verdade sobre a saúde bucal, como a interferência das mudanças hormonais que acarretam o aumento dos níveis de inflamação da gengiva.

A cartilha "Pré-natal no Dentista" também reforça como fazer a higiene bucal adequada em cada etapa da escovação, e traz uma observação importante para quem está gestando e que sofrem com enjoos nos primeiros meses: caso isso aconteça, a gestante deve fazer um bochecho com água e aguardar 30 minutos para escovar os dentes.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL