Diario de Pernambuco
Busca

Saúde

Mês das mulheres: campanhas orientam como prevenir endometriose e câncer do colo do útero

Estas doenças atingem milhões de mulheres anualmente no Brasil

Publicado em: 01/03/2024 18:20

De acordo com uma projeção do Instituto Nacional do Câncer, Pernambuco deve ter registrado pelo menos 770 novos casos da doença em 2023 (Foto: Governo de Pernambuco/Divulgação)
De acordo com uma projeção do Instituto Nacional do Câncer, Pernambuco deve ter registrado pelo menos 770 novos casos da doença em 2023 (Foto: Governo de Pernambuco/Divulgação)

A chegada do mês de março é marcada pelo Dia das Mulheres e pelo cuidado com a saúde do público femnino. As campanhas sobre endometriose e câncer do colo do útero são intensificadas neste período, pois estas doenças tendem a se agravar por conta da desinformação ou falta de acompanhamento médico, atingindo milhões de brasileiras anualmente.

O Março Amarelo corresponde à luta para detecção e tratamento da endometriose. Esta condição afeta cerca de 176 milhões de mulheres em todo o mundo. São cerca de 7 milhões somente no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

A endometriose é uma doença que ocorre quando a camada que reveste a parede interna do útero, chamada endométrio, cresce em outras regiões do corpo, causando lesões, inflamações e aderências entre os órgãos. Ainda não se sabe qual a causa desta doença, mas há estudos que correlacionam a endometriose  ao estresse, inflamações no corpo e genética.

Mulheres que possuem endometriose podem desenvolver sintomas como cólicas menstruais com dores fortes, dores durante as relações sexuais, dor e sangramento intestinais e urinários durante a menstruação e dificuldade de engravidar. 

A prevenção desta doença pode ser feita com idas regulares ao ginecologista. O Recife conta atualmente com 250 equipamentos, entre eles Unidades de Saúde da Família, Upinhas, Unidades Básicas Tradicionais, Centros de Saúde e policlínicas.

Câncer do colo do útero

O terceiro mês do ano também é voltado para a campanha Março Lilás, que visa alertar as mulheres sobre o câncer de colo do útero, o terceiro tipo de câncer mais comum entre o público feminino.

De acordo com uma projeção do Instituto Nacional do Câncer, Pernambuco deve ter registrado pelo menos 770 novos casos da doença em 2023.

Entre os principais sintomas desta doença estão sangramento e secreção vaginal anormal, dor abdominal associada com queixas urinárias ou intestinais, sangramento menstrual mais prolongado e sangramento após a relação sexual e dores durante a relação.

As mulheres podem aderir hábitos saúdavés para prevenir a doença como utilizar preservativos durante as relações sexuais, estar com a vacina do HPV em dia, higienizar bem a parte íntima diária e ão fumar.


COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL