Diario de Pernambuco
Busca

Combate ao crime

Líder de organização criminosa envolvida em roubo de cargas e assassinato de sargento da PM é preso

Segundo a Polícia Civil, captura faz parte das investigações da Operação Escudo Metálico, que atuou no combate ao roubo de veículos, e posse ilegal de armas de fogo

Publicado em: 25/01/2024 09:09 | Atualizado em: 25/01/2024 15:03

Sede da Polícia Civil, no Centro do Recife  (Foto: Arquivo)
Sede da Polícia Civil, no Centro do Recife (Foto: Arquivo)

O líder de uma organização criminosa especializada em roubo de cargas, veículos e até como mandante do assassinato de um sargento da Polícia Militar foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). 

Segundo a corproração, a captura faz parte das investigações da Operação Escudo Metálico, que atuou no combate ao roubo de veículos, cargos e até mesmo a posse ilegal de armas de fogo. 

O principal alvo da operação foi identificado apenas como Thallyson. Segundo a polícia, a prisão do suspeito ocorreu após oito meses de investigação.
 
Ele é líder de uma quadrilha especializada em roubos a cargas, no qual, segundo a polícia, é responsável por mais de 100 casos deste tipo de crime. 

Além disso, segundo os investigadores, Thallyson é mandante do assassinato de um sargento da PM. O crime aconteceu em 2020, em Caruaru, no Agreste do Estado. 

No entanto, a corporação não repassou mais detalhes sobre este crime, alegando para não atrapalhar as investigações. 

Como agia a quadrilha 

Os investigadores realizaram o trabalho de monitoramento de atividades suspeitas, análise de imagens e informações de inteligência que resultaram na identificação do líder e dos demais quatro integrantes da quadrilha. Somente o Thallyson foi preso e os demais suspeitos seguem foragidos. 

Foi daí que se chegou à identificação dos cinco suspeitos que integravam a quadrilha. 

Além da Região Metropolitana do Recife (RMR), a quadrilha também realizava roubos a cargas em outras regiões do Estado. 

“No curso das investigações identificamos uma série de roubos a cargas. Porém, destacamos dois casos que aconteceram em novembro do ano passado, quando a quadrilha roubou no dia 22, uma carga de leite em pó em Vitória de Santo Antão e, no dia seguinte, outra carga de arroz em um atacado no bairro de San Martin, no Recife. Além de usarem do emprego de violência e tortura as vítimas, o grupo tinha conhecimento de desintalação de GPS dos veículos, o que dificultava o monitoramento das cargas. É uma quadrilha de alta periculosidade”, afirmou um dos delegados responsáveis pela investigação, Carlos Couto. 
 
Prisão do líder

Segundo a polícia, “As confissões de Thallyson também lançaram luz sobre crimes graves cometidos pelo grupo, incluindo o roubo de um caminhão carregado de arroz e o envolvimento na morte de um sargento da Polícia Militar. Estes atos sublinham a periculosidade e violência do grupo”, disse à polícia por meio de nota. 
O suspeito é apontado pela polícia como líder da quadrilha  (Foto: Divulgação/PCPE )
O suspeito é apontado pela polícia como líder da quadrilha (Foto: Divulgação/PCPE )

Ainda segundo a corporação, a prisão do homem, identificado como líder da gangue, foi extremamente produtiva para o desdobramento das investigações, desvendando os métodos e planos do grupo.
 
"Durante a ação, ele tentou escapar, mas graças à prontidão e habilidade dos policiais envolvidos, foi detido com sucesso”, disse a polícia por meio de nota. 

Ainda segundo a corporação, foram realizadas buscas na residência de um outro suspeito de integrar a célula criminosa.
 
Lá, houve a apreensão de uma pistola calibre ponto 40 com numeração raspada.
 

Tags: combate | ao | crime | cargas | assassinato | pm | prisão |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL