Diario de Pernambuco
Busca

Obras viárias

Começa obra de nova ponte que vai ligar Areias e Imbiribeira

Estrutura vai passar sobre Rio Tejipió e custará R$ 91 milhões

Publicado em: 03/10/2023 11:16 | Atualizado em: 03/10/2023 15:19

Prefeito João Campos anunciou detalhes sobre obra de ponte  (Foto: Rafael Vieira/ Diario de Pernambuco)
Prefeito João Campos anunciou detalhes sobre obra de ponte (Foto: Rafael Vieira/ Diario de Pernambuco)

A Prefeitura do Recife (PCR) anunciou, nesta terça (3), o pontapé inicial para a construção da Ponte Júlia Santiago/Areias-Imbiribeira, que vai ligar os dois bairros, no sentido das Zonas Oeste e Sul da cidade.

 

A implementação da nova ponte  é considerada pela gestão municipal como a maior construção desse tipo  nos últimos 40 anos no Recife.

 

Tratores estão na área para construção da nova ponte (Foto: Rafael Vieira/ DP)
Tratores estão na área para construção da nova ponte (Foto: Rafael Vieira/ DP)

O prefeito João Campos (PSB) esteve presente na cerimônia que marcou a assinatura da Ordem de Serviço para o início das obras, na manhã desta terça (3).

 

Orçada em R$ 91 milhões, sendo R$ 67 milhões oriundos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 24 milhões de contrapartida da PCR, a Ponte Júlia Santiago deverá ficar pronta no prazo de 36 meses, entretanto, segundo a PCR, este prazo pode ser ainda menor.

 

Segundo o prefeito João Campos (PSB), a obra é um novo marco histórico para a mobilidade nas Zonas Oeste e Sul do Recife.

 

“A gente hoje realiza um sonho de toda uma região da cidade. A gente tem o rio Tejipió que corta a cidade inteira e só existem quatro cruzamentos pelo estuário. Uma ponte na BR-101, uma na Avenida Recife e a Motocolombó com a Gilberto Freire que fica um lado e o outro na Mascarenhas de Moraes. Portanto, a partir da conclusão da obra, a gente vai poder reduzir o tráfego na região em mais de 40% nesta região, beneficiando a milhares de motoristas que trafegam por aqui diariamente”, destacou Campos.

 

Ainda segundo o gestor, esta nova obra marca um legado de ações na construção de novos equipamentos e a na revitalização das pontes antigas na cidade.

 

“Recife é conhecida como uma cidade cortada por pontes e rios, então a gente quer cuidar do patrimônio existente e construir novos. Assim a gente deixa um legado de infraestrutura  para a cidade”, enfatizou o prefeito..

 

Projeto mostra como fica ficar a nova ponte  (Foto: Prefeitura do Recife/Diovulgação)
Projeto mostra como fica ficar a nova ponte (Foto: Prefeitura do Recife/Diovulgação)

Já a secretária de Infraestrutura do Recife, Marília Dantas, com a implementação da nova ponte, o objetivo da gestão municipal é desafogar 42% do tráfego de veículos que passam diariamente pelo trecho que compreende os bairros de Areias até a Imbiribeira.

 

A estrutura terá 335 metros de comprimento e, ao total, interligando 2,3 quilômetros de via. Ainda segundo ela, o novo elevatório terá duas faixas de rolamento nos dois sentidos, além de ciclovia bidimensional e calçada par pedestres, cruzando o Rio Tejipió interligando os bairros.

 

“Será uma obra muito importante para a região, pois nossa meta, quando a ponte estiver pronta, é de reduzir 42% do trânsito no local. Além disso, com as obras, empregamos aproximadamente 500 postos de trabalho. Deste total, 20% são operários da própria comunidade,  que estão evidentemente muito orgulhosos de participarem deste momento”, destacou a secretária.

 

Ainda de acordo com ela, outras duas pontes de muita relevância estão sendo revitalizadas na cidade:  as pontes Giratória, que liga os bairros do Recife a São José, e a ponte da Princesa Isabel, ligando os bairros de Santo Antônio a Boa Vista.

 

 

Mapa mostra localização da nova ponte (Foto:Prefeitura do Recife)
Mapa mostra localização da nova ponte (Foto:Prefeitura do Recife)

Expectativa de melhoria e rapidez 

 

Os moradores do entorno onde será construída a Ponte Júlia Santiago Areias-Imbiribeira estão esperançosos com a implementação do novo elevatório na região.

 

Segundo a estudante de Direito e moradora de Areias, Andressa Vanusa, de 42 anos, a tendência, quando a obra for concluída, é que o trajeto que ela faz diariamente até a faculdade, no Centro do Recife, seja reduzido consideravelmente.

 

“Diariamente, eu tiro quase uma hora pra chegar no centro, pois pego muito trânsito na ida e também na volta. É muito tempo perdido com engarrafamento. Mas, agora, acredito que a nossa mobilidade irá melhores com a construção dessa nova ponte. É um desejo antigo nosso, pois não há opções que interligam nosso bairro à outros. Estou esperançosa que meu trajeto diário diminua e, assim, eu possa melhorar na minha qualidade de vida”, destacou a estudante.


Tags: ponte | obra | recife | imbiribeira | areias |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL