Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

DIMINUIÇÃO DE CASOS

Governo do Estado desmobiliza Hospital de Campanha da Rua da Aurora

Publicado em: 28/09/2021 18:48 | Atualizado em: 28/09/2021 19:11

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Com o avanço da campanha de imunização contra a Covid-19 no Estado de Pernambuco e a consequente diminuição dos casos graves e das taxas de ocupação na rede pública de saúde, o Governo de Pernambuco desmobilizou o Hospital de Campanha Aurora, localizado no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.

A unidade, que integrou a rede de atendimento aos pacientes com o novo coronavírus por um ano e cinco meses, passou a ser um equipamento da rede estadual em abril deste ano. Antes disso, a administração do antigo Hospital Provisório Recife era realizada pela prefeitura da cidade. De acordo com o governo, atualmente, não há mais pacientes internados na unidade.

A queda no número de admissões  de pacientes no Hospital de Campanha Aurora  e a mudança no perfil de internação ocorreram a partir do segundo trimestre deste ano (abril, maio e junho). No período, a taxa de internação de idosos acima de 60 anos caiu de 54% para 32%.

“O Hospital de Campanha Aurora cumpriu sua missão no atendimento à população oferecendo suporte especializado e intensivo aos pacientes críticos e que necessitavam de assistência. Nesse momento, a melhora constante nos critérios e indicadores epidemiológicos nos dá segurança para a desmobilização da unidade que auxiliou e tratou de tantos pernambucanos e pernambucanas", afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Durante todo o funcionamento do Hospital de Campanha, entre abril de 2020 e setembro de 2021, 1.339 trabalhadores da saúde atuaram na unidade. No período de maior ocupação dos leitos, quando a taxa chegou a 98% na UTI e 92% nas enfermarias, o equipamento contou com a colaboração de 826 funcionários atuando simultaneamente.

Nesse mesmo período, o Hospital de Campanha da Rua da Aurora, que chegou a ter 160 leitos, sendo 100 de UTI e 60 de enfermaria, efetivou 5.517 internamentos, dos quais 3.544 (65%) foram admitidos em UTIs e 1.973 (35%) em enfermarias. A unidade também registrou 3.338 altas médicas que ocorreram por recuperação e melhora do quadro clínico do paciente.

A inauguração do Hospital Provisório do Recife ocorreu em 15 de abril de 2020, com a admissão do primeiro paciente em 16 de abril.  Erguido em um prazo de 20 dias, a unidade nasceu como hospital de campanha para atendimento aos pacientes com suspeita ou confirmação de Covid 19. Em 1º de abril de 2021, o hospital passou a ser um equipamento do Governo do Estado e, com isso, recebeu um novo nome, Hospital de Campanha Aurora.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Entre túmulos e livros: coveiro se prepara para lançar livro
Cenário de destruição apos tiroteios em Beirute
Manhã na Clube: entrevistas com Simão Teixeira, presidente do Recife Convention & Visitors Bureau
Bolsonaro decidiu não se vacinar contra o coronavírus
Grupo Diario de Pernambuco