Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CORONAVÍRUS

Interior de Pernambuco recebe 40 leitos de UTI

Publicado em: 01/06/2021 18:57

 (Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
)
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (1), 3.437 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 215 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 3.222 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 485.594 casos confirmados da doença, sendo 45.010 graves e 440.584 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 402.711 pacientes recuperados da doença. Destes, 25.818 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 376.893 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 78 novos óbitos (45 femininos e 33 masculinos), ocorridos entre os dias 13/02/2021 e 31/05/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Agrestina (2), Aliança (1), Cabrobó (1), Camaragibe (1), Carpina (1), Caruaru (2), Cedro (1), Escada (1), Gameleira (1), Garanhuns (8), Granito (1), Iati (1), Ibimirim (1), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (6), João Alfredo (1), Nazaré da Mata (1), Olinda (6), Orocó (1), Paulista (1), Pedra (2), Petrolina (6), Recife (25), Santa Cruz do Capibaribe (1), Santa Filomena (1), São Caitano (1), Serra Talhada (1) e Vitória de Santo Antão (2). Com isso, o Estado totaliza 15.940 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 30 e 99 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (5), 40 a 49 (12), 50 a 59 (20), 60 a 69 (25), 70 a 79 (8), 80 ou mais (8). Do total, 49 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (28), diabetes (13), hipertensão (12), obesidade (8), doença respiratória (4), doença renal (3), doença hepática (1), AVC (1), doença de Parkinson (1) e imunossupressão (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 29.663 casos foram confirmados e 51.552 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

Vagas de terapia intensiva

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) colocou em funcionamento 40 novos leitos de terapia intensiva no interior pernambucano desde a semana passada. Desse total, 30 foram no Agreste e 10 no Sertão.

No Agreste, foram 10 no Hospital Perpétuo Socorro, em Garanhuns; 10 no Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros; e 10 no Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru. Esse último é o maior do interior do Estado com esse tipo de assistência, totalizando, agora, 110 leitos de UTI. Já no Sertão, as 10 UTIs foram disponibilizadas no Hospital Eduardo Campos, que, agora, totaliza  80 apenas de terapia intensiva.

"Já temos a maior rede de terapia intensiva do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com mais de 1,7 mil vagas. Desde o ano passado, estamos fazendo toda a mobilização necessária de recursos humanos, equipamentos e insumos para garantir a assistência dos pacientes. Os esforços continuam, mas contamos com o apoio de todos para evitar novos adoecimentos e diminuir a pressão sob o nosso sistema de saúde. Precisamos continuar conscientes da importância das medidas sanitárias, pois a adesão delas será decisiva para salvarmos vidas", afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Balanço da vacinação

 Pernambuco já aplicou 2.780.538 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 1.849.480 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 277.908 trabalhadores de saúde; 25.925 povos indígenas aldeados; 41.563 em comunidades quilombolas; 7.628 idosos em Instituições de Longa Permanência; 590.273 idosos de 60 a 69 anos; 394.522 idosos de 70 a 79 anos; 196.900 idosos de 80 anos e mais; 1.340 pessoas com deficiência institucionalizadas; 11.193 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 220.266 pessoas com comorbidades; 12.745 pessoas com deficiência permanente; 32.441 gestantes e puérperas; 4.514 pessoas com 59 anos; 51 pessoas em situação de rua, 91 pessoas privadas de liberdade; além de 32.120 trabalhadores de serviços essenciais.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 214.080 trabalhadores de saúde; 25.587 povos indígenas aldeados; 1.188 em comunidades quilombolas; 5.550 idosos institucionalizados; 245.634 idosos de 60 a 69 anos; 307.673 idosos de 70 a 79 anos; 125.830 idosos de 80 anos e mais; 1.147 pessoas com deficiência institucionalizadas; 4.369 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; totalizando 931.058 pessoas que já finalizaram o esquema.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco