Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CRIME

Funcionário da Celpe é assassinado e outro fica ferido em São Lourenço da Mata

Publicado em: 07/06/2021 22:19

 (Foto: Leandro de Santana/Arq.DP Foto)
Foto: Leandro de Santana/Arq.DP Foto
Mais um assassinato envolvendo um funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), o crime aconteceu nesta segunda-feira (7), por volta das 14h, em São lourenço da Mata, no Grande Recife, o homem estava trabalhando junto a um colega quando foi morto.  O caso aconteceu na Avenida Oito de Maio, no bairro de Chã de Tábua.   

A vítima Ejanilson Severino Batista morreu no local, já o seu colega Wellington José Cardoso, que o acompanhava no serviço, foi socorrido para uma unidade hospitalar e depois transferido para o Hospital Otávio de Freitas (HOF), no Recife. Segundo a unidade de saúde o paciente apresenta um quadro de saúde estável e deu entrada no hospital com perfuração por arma de fogo.      

Em nota, a Celpe lamentou o ocorrido e informou que o departamento jurídico da empresa está acompanhando a investigação do caso. Os dois homens estavam fazendo o serviço de inspeção nas residências, fiscalizando os medidores de energia, o consumo nas casas e o funcionamento das redes elétricas. "A Companhia informa que está prestando o apoio necessário à família da vítima e ao colaborador hospitalizado", disse um trecho da nota.  As investigações foram inciadas pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), no veículo foram encontradas nove perfurações por bala.      

Rotina de medo     

Em setembro de 2020 outro eletricista da Celpe foi assassinado, José Reginaldo de Santana, de 31 anos, foi enquanto trabalhava em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, enquanto realizava a suspensão do fornecimento de energia por inadimplência em um haras na zona rural da cidade.    

Segundo informações da polícia, o proprietário da fazenda ficou insatisfeito com o corte legal por falta de pagamento e disparou sua arma contra um dos funcionários, que morreu no local. O fazendeiro obrigou o outro funcionário, de 39 anos, a religar a energia. Em seguida, forçou o trabalhador a entrar na mala do carro da Celpe.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Para evitar contaminação por Covid, robôs oferecem água benta em Meca
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco