Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

JUNHO VERMELHO

Em meio a estoque baixo, Uninassau e IHENE realizam campanha de doação de sangue no Patteo

Publicado em: 08/06/2021 20:29 | Atualizado em: 08/06/2021 20:29

 (Foto: Miva Filho/SES)
Foto: Miva Filho/SES
Doar sangue é um gesto de amor ao próximo. Entre tantas celebrações importantes, o mês de junho guarda um espaço especial para um ato que pode salvar vidas. Na próxima segunda-feira (14), é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data existe para conscientizar a sociedade sobre a importância da doação de sangue e, desde o ano passado, vem sendo ressignificada diante do crítico cenário de pandemia enfrentado pelo país.  

Se em tempos normais, não era incomum ver avisos de baixo estoque de sangue nos bancos que recebem doações, durante a pandemia da Covid-19 os pedidos por contribuição se tornaram mais frequentes, uma vez que a demanda cresceu. No momento, além de pessoas que lidam com doenças diversas, os hemocentros também coletam sangue para pacientes internados com o novo coronavírus.

Junto a isso, o período chuvoso dos meses de junho, julho e agosto acaba sendo outro empecilho para que as pessoas se desloquem até um centro de doação. "São os meses mais críticos que a gente tem no ano. Por isso que se pensou na ideia de se fazer a campanha do Junho Vermelho, pegando os meses de estoque mais baixo de sangue, para fazer com que os doadores se conscientizem e para relembrar a importância desse ato nobre, que é a doação de sangue, principalmente nesse momento de pandemia", explicou a coordenadora de captação do Instituto de Hematologia do Nordeste (IHENE), Milene Felix, que continuou. "É importante não só doar sangue na data específica, mas doar regularmente".

A campanha a qual Felix se referiu está sendo organizada pela Uninassau Olinda, em parceria com o IHENE e o Shopping Patteo Olinda. A ação vai acontecer nos dias 14 e 15 de junho (na próxima segunda e terça-feira), das 9h às 16h, no piso L4 do shopping, e visa justamente conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue, principalmente diante do baixo estoque acentuado pela alta de pacientes internados com Covid-19.

O diretor da universidade, Gustavo Delgado, é doador regular de sangue e enfatizou que, por receio de serem expostas ao coronavírus, muitas pessoas deixaram de doar. "A gente associa necessariamente a questão de doar sangue a um local de saúde, e o receio se torna ainda maior. As pessoas que antes tinham essa pretensão, acabaram não doando mais. Então, acaba sendo uma ação mais do que necessária".

O gestor explicou que a ideia da campanha é envolver cartazes em lojas do Patteo, assim como montar um espaço no equipamento comercial para estimular as pessoas a doarem sangue, não só durante os dois dias de ação, mas também em outros períodos, de forma regular. Antes de doar, o indivíduo deve passar por uma triagem no local.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Para evitar contaminação por Covid, robôs oferecem água benta em Meca
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco