Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

UNIVERSIDADES FEDERAIS

Câmara do Recife debate impactos dos cortes de orçamento nas universidades

Publicado em: 02/06/2021 17:53 | Atualizado em: 02/06/2021 18:01

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
Na tarde desta quarta-feira (2), a Câmara Municipal do Recife realizou a audiência pública virtual "O Desmonte das Universidades Públicas e o Rebatimento nas Cidades", presidida pela vereadora Cida Pedrosa e com a participação de convidados como o professor Alfredo Gomes, reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Marcelo Carneiro Leão, reitor da Universidade Federal Rual de Pernambuco (UFRPE), José Cristovam Martins Vieira, presidente da Associação de Docentes da UFPE (Adufepe) e Iago Montalvão, presidente da União Nacional dos Estudantes, entre outros convidados. 

Durante a audiência, o reitor da UFPE, Alfredo Gomes, detalhou os valores cortados e bloqueados no orçamento da instituição e os impactos dessa redução para o Recife, uma vez que tal redução orçamentário inviabiliza o funcionamento da universidade até o final do ano. 

“A relação com a cidade é muito importante. Temos em termos de equipamentos o memorial de medicina no Derby, o Centro Cultural Benfica, o Memorial de Engenharia de Pernambuco, que não vamos conseguir reabrir na data planejada. A universidade está cheia de articulações criativas, de pesquisas nas áreas educacionais, econômicas, engenharias e tecnologias que se articulam diretamente com a vida das cidades, gerando oportunidade e conhecimento nessa troca para ressignificar esse processo”, disse o reitor. 

Marcelo Carneiro Leão, professor e reitor da UFRPE, enfatizou o fato de que os cortes orçamentários das universidades começaram por volta de 2015 e foram se agravando com o tempo, principalmente nos últimos dois anos. Além de dar destaque à importância da relação entre as universidades e as cidades em que elas se inserem, o professor destacou que a democratização do acesso às universidades e a permanência dos alunos nelas precisam fazer parte de um projeto de país para superação da desigualdade social.

“Costumo dizer que defender educação, ciência e tecnologia como principais caminhos para reduzir desigualdade não é questão de opinião. Falar que só teremos nação desenvolvida com investimento não é opinião, é olhar um sobre a história da humanidade. Universidade pública importa, educação transforma pessoas e o mundo”, afirmou o professor.
 
Iago Montalvão, presidente da UNE, falou sobre o impacto do corte orçamentário nas atividades de pesquisa e extensão, com consequências diretas na produção de ciência e produtos de inovação no país. “É preciso que a pessoa esteja dedicada. Para dar retorno através dos projetos o estudante tem que ter concentração e foco. Se nós queremos reduzir desigualdades entre grupos socioeconômicos, se queremos que pessoas de baixa renda, do interior, negros e quilombolas tenham acesso à universidade, precisamos garantir que seja de qualidade e dê às pessoas condições para que as pessoas possam se dedicar à universidade. Por isso a assistência estudantil é importante como a bolsa de pesquisa, como um salário para manter a pesquisa viva”, disse o estudante de economia.
 
A vereadora Cida Pedrosa (PCdoB), que presidiu a audiência pública, criticou os cortes questionando “a quem serve esses cortes? À elite. Tem endereço certo, tirar possibilidade de inclusão e da desconstrução da desigualdade”. Cida também destacou que o debate será enviado aos demais vereadores do Recife, deputados estaduais e ao governador do estado, Paulo Câmara (PSB).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Para evitar contaminação por Covid, robôs oferecem água benta em Meca
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco