Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

FISCALIZAÇÃO

Náutico é autuado por aglomeração na sede após título estadual

Publicado em: 24/05/2021 08:26 | Atualizado em: 24/05/2021 08:35

 (Procon-PE/Divulgação)
Procon-PE/Divulgação
Durante a comemoração da vitória do Campeonato Pernambucano, neste domingo (23), o Clube Náutico Capibaribe foi autuado pelo Procon Pernambuco por descumprimento às regras de restrição. De acordo com o órgão, cerca de 100 pessoas estavam no primeiro andar do clube, onde acontecia uma festa com comidas e bebidas. Não havia distanciamento social e os presentes não usavam máscaras. As fiscalizações do órgão também ocorreram em 50 estabelecimentos no Recife e nas cidades de Santa Cruz do Capibaribe, Bezerros e São Bento do Una, no Agreste do Estado. Duas churrascarias, uma barbearia, um clube e seis bares foram autuados, destes, três também foram interditados.

“A situação é de emergência e é preciso que todos estejam engajados. Caso contrário, a pandemia não cessará”. As fiscalizações irão continuar a fim de coibir práticas que desculpam os protocolos sanitários”, alerta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.
 (Procon-PE/Divulgação)
Procon-PE/Divulgação

Na Zona Sul do Recife, neste final de semana, as equipes do Procon Pernambuco realizaram uma fiscalização no Bar Esquina do Petisco Prime, localizado no Pina, que foi interditado pelos fiscais que se depararam com música ao vivo, consumidores circulando sem o uso de máscara na área externa do bar, falta de distanciamento das mesas, além de constatar que funcionários atendiam sem o uso de máscara.

Ainda na Zona Sul, no bairro do Jordão, o Me Confessando Bar foi autuado e interditado pelo Procon-PE e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária. Passava das 19 horas quando a equipe constatou o estabelecimento descumprindo o horário permitido pelo decreto do Governo do Estado.
 (Procon-PE/Divulgação)
Procon-PE/Divulgação

Agreste
Já no Agreste do Estado, o Bar da Galinha, em Bezerros, foi interditado por causar aglomeração e por funcionamento fora do horário permitido. No local, consumidores e proprietário não faziam o uso correto da máscara. Em São Bento do Una, no Distrito de Pimentas, uma partida de futebol com mais de 50 pessoas foi encerrada.

Até o momento, segundo o Procon-PE, 160 estabelecimentos foram fiscalizados no Agreste. As operações são divididas por três equipes, e contam com o apoio das gestões municipais, Corpo de Bombeiros, Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e Polícia Militar. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Protesto em Brasília acaba com conflito entre indígenas e policiais
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras, Sérvio Fidney e Marcel Costi
Vacina contra a Covid-19 criada em Cuba tem eficácia de 92%
Pontos fundamentais para fazer uma transição de carreira
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco