Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

VACINAÇÃO

Jaboatão inicia imunização contra a Covid-19 com a vacina Pfizer e abre agendamento para gestantes e puérperas

Publicado em: 04/05/2021 20:28

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes abriu, através da Secretária de Saúde do município, agendamento para vacina gestantes e puérperas com mais de 18 anos sem comorbidade. Na manhã desta terça-feira (4), começou a imunização contra a Covid-19 com doses da vacina da Pfizer em Pernambuco.

A supervisora Priscila Pereira, moradora do Jaboatão dos Guararapes, foi a primeira pessoa a receber a dose da vacina da Pfizer em Pernambuco, na manhã desta terça-feira (4). A aplicação do imunizante contra o novo coronavírus foi realizada às 8h15, no drive-thru montado na sede da Secretaria Municipal de Saúde, voltado exclusivamente para pessoas com Síndrome de Down, transplantados de órgãos sólidos e medula óssea, gestantes e puérperas com comorbidades, e obesos mórbidos. Jaboatão recebeu 4.266 doses da Pfizer e, nesta primeira etapa, a previsão é vacinar 43 mil usuários.

Pacientes com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise receberão a vacina na clínica CTR Renal, em Piedade. Já portadores de HIV serão vacinados no Serviço de Atenção Especializada (SAE), em Cabaleiro. O público com as demais comorbidades listadas para essa etapa será imunizado com a vacina da AstraZeneca, nos outros oito pontos de drive-thru montados no município. O agendamento deve ser feito por meio do aplicativo De Olho na Consulta ou pelo site deolhonaconsulta.jaboatao.pe.gov.br. No ato da imunização é preciso apresentar laudo médico indicando o tipo de comorbidade, com exceção de pessoas com Síndrome de Down.

O imunizante da Pfizer requer cuidado especial e a Secretaria de Saúde do Jaboatão optou por receber todas as doses disponíveis porque ter freezer com capacidade de armazenamento entre as temperaturas de -25º e -15º. A segunda dose tem prazo de até três meses para ser aplicada. “Assim que fiquei sabendo, na semana passada, que pessoas com comorbidades seriam vacinadas, procurei meu médico para providenciar o laudo e fiz o agendamento no aplicativo De Olho na Consulta. Agora me sinto mais segura”, disse Priscila Pereira.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco