Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

DOAÇÕES

Amigos no Sertão realiza campanha para levar cestas básicas à Zona Rural de Inajá

Publicado em: 01/05/2021 11:00 | Atualizado em: 30/04/2021 19:03

 (Foto: Leandro de Santana/ Divulgação)
Foto: Leandro de Santana/ Divulgação

A situação de pobreza extrema no Sertão nordestino cresce cada vez mais ao longo do
cenário de colapso que o Brasil vem enfrentando com a pandemia da Covid-19. Em um contexto parecido com o vivenciado na seca da década de 90, os nordestinos passam por dificuldades para conseguir o básico para alimentar a família e viver com o mínimo de dignidade. Problemas como falta de saneamento básico, população em extrema pobreza e ausência de estrutura para tratar os enfermos no geral torna a situação ainda mais grave. Com isso, a Associação Amigos no Sertão decidiu realizar uma ação de distribuição de cestas básicas para amenizar a fome de famílias de Inajá, município do Sertão de Pernambuco que fica a cinco horas de distância do Recife. De acordo com a organizadora, o objetivo é levar 500 cestas ainda neste primeiro semestre de 2021. 

Ana Elisa Alencar, 49, advogada, da equipe de coordenação e presidente fundadora da associação, explica que o grupo costuma realizar uma ação anual em uma comunidade quilombola, que é Conceição da Crioulas, localizada no município de Salgueiro, entregando alimentos, kits de higiene, kits escolares e brinquedos, mas que, com a crise acentuada pela Covid-19, foi visto a necessidade de realizar campanhas emergenciais para levar alimentos o quanto antes para cidades críticas, como é o caso de Inajá, que estão com famílias em situação de miséria tendo a fome como maior carrasco. “O DNA dos Amigos no Sertão é ir aonde ninguém vai, ir nos povoados mais distantes, onde a chegada de ajuda humanitária é muito difícil”, confessou.

No município de Inajá, Ana Elisa conta que o foco dos Amigos no Sertão é distribuir as cestas básicas na Zona Rural do município, pois quanto mais distante do centro da cidade, mais difícil fica de conseguir ajuda. “Vamos para a Zona Rural de Inajá porque eles não têm a quem pedir. Pretendemos levar uma boa cesta básica porque essas famílias não recebem doações com frequência, então temos que investir em uma cesta grande.”
 (Foto: Thays Martins Divulgação)
Foto: Thays Martins Divulgação
A cidade escolhida pelos Amigos no Sertão para essa ação emergencial está em terceiro lugar no último ranking de pior Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) de todo o Brasil. O IFDM é um estudo do Sistema FIRJAN que acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros em três áreas de atuação: Emprego & renda, Educação e Saúde. O estudo é realizado desde 2008 e  produzido com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. A última edição divulgada pelo IFDM foi realizada em 2018. 
 
Ranking do  Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM). (Foto: Reprodução Internet)
Ranking do Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM). (Foto: Reprodução Internet)
Dessa forma, o foco do grupo para entregar as cestas na área da Zona Rural de Inajá tem um porquê. Além de o município do Sertão pernambucano ter um dos piores índices de  Desenvolvimento Municipal do país, uma pesquisa realizada pela Universidade de Berlim, com apoio da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), afirma que a pandemia aumentou a insegurança alimentar da população. Seis em cada dez lares brasileiros vivem em insegurança alimentar, ou seja, não sabem se vão comer e o quê vão comer. O estudo conclui que a fome é maior no nordeste onde 73,1% das casas registraram insegurança alimentar, sendo esse número maior na Zona Rural.

Como colaborar com a campanha?
 
O grupo faz um levantamento de preços para a obtenção das cestas básicas com valor acessível para que, com isso, o custo da compra das cestas e o valor gasto com a logística de entrega na Zona Rural seja diminuído. As doações de qualquer valor podem ser feitas diretamente para a Associação Amigos no Sertão, através do Pix, que é o CNPJ 33.483.168/0001-54. A associação pede para que os doadores enviem o comprovante de depósito via WhatsApp ou pelo e-mail amigosnosertao@hotmail.com para que possam enviar o recibo da doação para os colaboradores.
 
Outra forma de doar é através de depósitos bancários, nas seguintes contas:

Banco do Brasil-001
Agência: 1620-9
Conta-Corrente: 57.257-8
Pessoa Jurídica 
CNPJ: 33.483.168/0001-54

Banco Itaú-341
Agência: 0814 
Conta-Corrente: 18012-1
Pessoa Jurídica 
CNPJ: 33.483.168/0001-54

Contatos
Facebook: Amigos no Sertão
Instagram: @amigosnosertao
Telefone: (81) 9-9971-0398 -Ana Elisa
E-mail: amigosnosertao@hotmail.com


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco