Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CIDADANIA

Reeducandos realizam mutirão de limpeza nos CRAS do Cabo

Publicado em: 23/04/2021 16:19

 (Capinação, varrição, manutenção, serviços gerais e auxílio na distribuição de cestas básicas são realizados por reeducandos que cumprem o regime aberto. Foto: Divulgação 
)
Capinação, varrição, manutenção, serviços gerais e auxílio na distribuição de cestas básicas são realizados por reeducandos que cumprem o regime aberto. Foto: Divulgação
Os Centros de Referência e Assistência Social (CRAS), do município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife estão recebendo um mutirão de limpeza e manutenção realizado por reeducandos do regime aberto, coordenados pelo Patronato Penitenciário, órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH).
Nos locais, que atendem a famílias em situação de vulnerabilidade social, a equipe realiza serviços de pintura, varrição, manutenção do prédio, serviços gerais e ainda a distribuição de cestas básicas para os moradores. São beneficiados os CRAS de Vila Roca, Ponte dos Carvalhos, Charneca, Charnequinha, Gaibu, Pontezinha e Vila Claudete.
As atividades integram um convênio de empregabilidade entre o Patronato Penitenciário e a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, que já conta com reeducandos em outras atividades nos Centros de Referência e na Secretaria de Programas Sociais. Ao todo 50 fazem parte desse convênio.
De acordo com Josafá Reis, superintendente do Patronato Penitenciário, atuar em serviços que ajudam as pessoas é muito gratificante para os reeducandos do Patronato. “Além da atividade do dia a dia, eles também contribuem na distribuição de cestas básicas, e isso desperta a sensação de pertencimento ao apoio dos necessitados”, pontua.
Os reeducandos também estão distribuídos nos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) e Espaços de Convivência no município. “O trabalho deles é muito importante para o bom funcionamento das instituições, realizam serviços de limpeza e ajudam no deslocamento das cestas básicas. Chegaram e se tornaram essenciais na equipe”, explica Diego Santos, coordenador do CRAS de Ponte dos Carvalhos. Já no espaço da Vila Roca, a coordenadora  destaca o empenho dos mesmos nas atividade.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Cuba inicia vacinação contra a Covid-19 com imunizante próprio
Datafolha: Lula venceria Bolsonaro nas eleições de 2022
Manhã na Clube - Entrevista com Humberto Costa e Thiago do Vale da Apac
Air France e Airbus serão julgadas pelo voo 447 Rio-Paris
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco