Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

PARALISAÇÃO

Aulas presenciais retornam na rede pública, apesar de greve decretada por professores

Publicado em: 19/04/2021 13:25 | Atualizado em: 19/04/2021 20:35

 (Foto: Paulo Paiva/ DP FOTO)
Foto: Paulo Paiva/ DP FOTO
Nesta segunda-feira (19), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe) manteve a decretação da greve de atividades presenciais dos professores da rede pública de ensino em Pernambuco. O movimento foi deflagrado na última assembleia realizada pela categoria e proibido pela Justiça no fim de semana. Houve adesão parcial da categoria e as escolas abriram normalmente nesta segunda, com aulas presenciais.

Quanto às questões legais, estão sendo avaliadas pelo setor jurídico do sindicato e que a greve é apenas das atividades presenciais, ou seja, o ensino remoto continua funcionando normalmente. O sindicato reivindica vacinação contra a Covid-19 para que a categoria possa retomar às atividades presenciais com mais segurança.  

O dia escolhido para a greve foi a data prevista para o início do cronograma de retomada gradual das escolas públicas estaduais, com o 3º ano do ensino médio, todo o ensino infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Valéria explica que apesar da paralisação ter sido adotada para as atividades presenciais, os professores continuam ministrando aulas remotas. “Nossa greve é apenas no trabalho presencial, ela é parcial, porque continuamos trabalhando de casa, como fizemos desde o início da pandemia. Os professores estão, inclusive, usando recursos próprios e investindo em internet, celulares e computadores para realizarem as aulas”, disse Valéria Silva, presidente do sindicato. 

Apesar da greve dos professores da rede estadual de ensino, a Secretaria de Educação de Pernambuco continua com o cronograma gradual de retomada das atividades presenciais, que também prevê no dia 26 de abril a volta das atividades presenciais dos estudantes dos 8º e 9º anos do ensino fundamental e do 2º ano do ensino médio.

A Secretaria de Educação e Esportes (SEE) informou, em nota, que com o entendimento do TJPE sobre a segurança do retorno das atividades presenciais nas escolas no modelo híbrido, quase 90% dos professores da rede retornaram às salas de aula nesta segunda-feira (19), quando os estudantes do 3º ano do Ensino Médio, Ensino Fundamental Anos Iniciais e Educação Infantil puderam voltar às escolas.

"O balanço da SEE aponta, ainda, que 55% dos estudantes destas etapas de ensino comparecerem às unidades de ensino nesta segunda-feira. Ressaltamos que todas as escolas da rede estadual foram preparadas desde o ano passado atendendo a todos os critérios estabelecidos no Protocolo Setorial o que inclui a instalação de lavatórios, de dispenser de álcool em gel, comunicação dos protocolos e arrumação das salas obedecendo ao distanciamento social. Neste sentido, seguiremos atuando na busca por uma retomada segura. Por fim, reforçamos que a decisão sobre a retomada ou não dos estudantes as salas de aula é dos pais, responsáveis e do próprio estudante. As aulas remotas seguirão sendo ofertas na plataforma do Educa-PE".


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco