Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

OPERAÇÃO

Polícia prende suspeitos que atuavam no arrombamento e furto de condomínios de luxo no Recife

Publicado em: 19/04/2021 07:32 | Atualizado em: 19/04/2021 17:24

 (Delegado Carlos Couto, titular da DP de Casa Amarela. Foto: Polícia Civil/Divulgação )
Delegado Carlos Couto, titular da DP de Casa Amarela. Foto: Polícia Civil/Divulgação
Policiais civis da Delegacia de Casa Amarela prenderam em flagrante quatro homens por furto e associação criminosa, na manhã desta segunda-feira (19). De acordo com a polícia, o monitoramento dos envolvidos foi iniciado em novembro de 2020 após a investigação de uma quadrilha especializada em arrombamentos a condomínios de luxo na Zona Norte do Recife.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, na véspera das eleições municipais integrantes do grupo invadiram e furtaram um condomínio na Praça Fleming, na Zona Norte do Recife, onde levaram dinheiro, armas e joias. O órgão também informou que em fevereiro, integrantes da quadrilha participaram de outro arrombamento no bairro da Jaqueira, quando roubaram uma grande quantia em dinheiro e joias, chegando a carregar um cofre pelas ruas coberto com um lençol. O valor roubado não foi divulgado.

Segundo a polícia, parte da quadrilha foi presa numa investigação conjunta entre Polícia Civil do Ceará e Polícia Civil do Mato Grosso, onde quatro dos integrantes foram presos. O órgão também informou que há cerca de quinze dias, outros integrantes da mesma quadrilha, em ação semelhante, invadiram um apartamento de luxo no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da Capital pernambucana, levando mais dinheiro.

Em meio à investigação, através de monitoramento dos integrantes do grupo, foi identificada pela Polícia Civil a chegada de quatro homens, envolvidos na organização criminosa, ao Recife em um vôo vindo do estado de São Paulo. Os suspeitos desembarcaram num vôo da companhia aérea Azul. Os homens teriam se hospedado em um hotel, no bairro de Piedade, Jaboatão dos Guararapes.

O delegado titular da Delegacia de Casa Amarela, Carlos Couto, explicou o modo de operação da quadrilha. "Conseguimos informações de que eles iriamo desembarcar no Recife durante a semana. Conseguimos monitorá-los, inclusive desde a chegada deles no aeroporto. Eles provavelmente identificam as vítimas por meio de banco de dados comprados de forma fraudulenta e acessam os condomínios de forma clandestina, ou seja, eles luibriam os porteiros, que acreditam se tratar de moradores". 

De acordo com o agente, até o momento, não há registro nas investigações de que os golpistas contavam com apoio de funcionários desses condomínios. "Em todas as ações, os suspeitos se identificam, estão bem vestidos e os porteiros, talvez por temor de serem constrangidos por barrarem os convidados (dos moradores), terminam liberando o acesso aos condomínios", constatou. Segundo Couto, os suspeitos recebem as coordenadas de São Paulo e agem em vários estados do Brasil. Somente no Nordeste, segundo ele, a quadrilha teria atuação em sete estados. Um mandado de prisão preventiva já havia sido expedido para um dos suspeitos no Rio de Janeiro.

"Os próprios condomínios devem rever algumas normas de segurança. Sempre confirmar a identificação antes da subida (de pessoas)", recomendou o delegado. "Foi feita uma perícia no local de arrombamento, inclusive com material genético, para comparar se esses suspeitos estão com envolvimento em outros casos que estão sendo investigados em outras delegacias", concluiu Couto. 

Após a ação policial, todos os integrantes foram levados para a Delegacia de Casa Amarela, onde foram autuados por tentativa de furto duplamente qualificado e associação criminosa.
 

 
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco