Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

OPERAÇÃO

PF realiza operação e mira suspeitos de fraude de R$ 60 mil em auxílio emergencial

Publicado em: 29/04/2021 08:49

 (Foto: Thomaz Silva / Agência Brasil)
Foto: Thomaz Silva / Agência Brasil
A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (29), a Operação Quinta Parcela com o objetivo de combater fraudes no auxílio emergencial. Em Pernambuco, a PF cumpriu cinco mandados de prisão temporária e onze mandados de busca e apreensão, além do sequestro e bloqueio de bens e valores mantidos em contas bancárias de oito pessoas físicas. Cinco mandados foram cumpridos nos municípios de Caruaru, três em Palmares, um em Lagoa do Carro e um em Paudalho. Os suspeitos são investigados pela prática dos crimes de estelionato qualificado, associação criminosa, lavagem de dinheiro e integração de organização criminosa.

De acordo com a PF, as investigações foram iniciadas em dezembro de 2020 após análise da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial (BNFAE), que reúne as contestações de beneficiários à Caixa Econômica Federal. O órgão também informou que foram estabelecidas correlações entre os registros constantes da BNFAE, sendo possível detectar que pelo menos oito suspeitos, com endereços nos municípios pernambucanos, seriam os beneficiários de, ao menos, noventa e seis contas do auxílio emergencial fraudadas.

Segundo a Polícia Federal, os envolvidos efetuaram pagamentos de 74 boletos bancários, utilizaram-se de maquinetas de cartão de crédito e realizaram transações por e-commerce. As ações foram realizadas entre os dias 5 de maio de 2020 e 3 de junho do mesmo ano. A PF informou que soma do montante fraudado inicialmente estimada supera R$ 60.000,00. O órgão comunicou que ainda busca identificar outros membros da organização criminosa, benefícios  movimentados de forma fraudulenta, além do destino dos valores desviados e sua recuperação.

A Operação contou com a participação do Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União. 





 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Air France e Airbus serão julgadas pelo voo 447 Rio-Paris
Manhã na Clube com Rhaldney Santos -  12/05
Anvisa recomenda suspender vacinação da AstraZeneca para grávidas
Anticorpos contra Covid-19 permanecem no sangue por pelo menos oito meses
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco