Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

DOAÇÕES

Mais de 350 famílias pernambucanas são contempladas com doações de cestas básicas

Publicado em: 19/04/2021 09:00

 (Foto: Camila Pifano/DP Foto)
Foto: Camila Pifano/DP Foto
Famílias da Região Metropolitana do Recife, Mata Sul, Agreste e Sertão do estado serão contempladas pela campanha solidária de doação de alimentos da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (Fetape) e sindicatos rurais do estado. Nesta segunda-feira (19), a partir das 10h, as mais de 2,5 toneladas de alimentos arrecadados vão começar a ser distribuídos durante a realização da live de abertura camapnha, realizada pela Fetape.

"Neste primeiro dia de doações os alimentos serão entregues para famílias da RMR. Os dez polos sindicais que integram a Fetape também farão  doações. Os sindicatos rurais serão pontos de coletas dos alimentos, e depois serão distribuídos as famílias", disse a Fetape em nota.

De acordo com a organização, serão doados alimentos como banana, abóbora, macaxeira, inhame, berinjela, limão, abacaxi, hortaliças, e outros alimentos doados por famílias agricultoras moradoras de assentamentos rurais dos municípios de Vitória de Santo Antão, Bonito e São Lourenço da Mata. De acordo com a Fetape, além desses alimentos, serão distribuídas cestas básicas com feijão, arroz, macarrão, fubá, açúcar, farinha, sal, leite, óleo e bolachas.

"As famílias contempladas se encontram em situação de vulnerabilidade social devido à crise econômica, sanitária e social que atinge o país. As doações serão entregues para famílias moradoras de comunidades de palafitas, a exemplo do Projeto Estrela do Deserto, que atende crianças da Escola Mangue, nos bairros do Pina e de Boa Viagem", acrescenta a nota. Ao todo, serão 60 crianças e 120 famílias contempladas com as doações.

Também serão contempladas 350 famílias dos bairros de Totó, na Zona Oeste do Recife, Passarinho e Córrego do Euclides, atendidas pela ONG Casa da Mulher do Nordeste e pelo Centro de Reabilitação e Valorização da Criança, do Morro da Conceição. Além de 15 famílias do Coletivo das Mulheres Defensoras dos Direitos Humanos, no bairro de Jardim São Paulo, também na Zona Oeste da Capital, e famílias que moram em palafitas atendidas pelo Projeto Mãos Solidárias.

A iniciativa faz parte de ações da Campanha solidária Agricultura Familiar: Cuida da Terra e Alimenta o Mundo, que teve início em março de 2020, quando a pandemia do novo coronavírus se instalou em Pernambuco.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Resumo da semana: briga por terceira via em 2022, adeus a Paulo Gustavo e vacinação de gestantes
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco