Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

PRISÃO

Homem é preso suspeito de mandar matar agiota na Zona Oeste do Recife

Publicado em: 29/04/2021 12:12 | Atualizado em: 29/04/2021 13:09

Delegado Victor Meira, adjunto da 4° DPH e o delegado Bruno Magalhães, gestor do DHPP (Foto: Divulgação/PCPE)
Delegado Victor Meira, adjunto da 4° DPH e o delegado Bruno Magalhães, gestor do DHPP (Foto: Divulgação/PCPE)
Policiais civis da 4º Delegacia de Polícia de Homicídios do Cordeiro prenderam um suspeito de ser mandante de um duplo homicídio, nas imediações da estação Coqueiral, no bairro de Tejipió, Zona Oeste do Recife. O homem, junto a outros dois suspeitos de participação no crime, foram encaminhados ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.  

"Foi possível localizar um dos suspeitos, que é apontado como o mandante do crime. Ele estava dentro de sua residência e não esboçou reação ao ser preso", disse a polícia. O crime aconteceu no dia 3 de março e a prisão do suspeito foi decretada na tarde do último dia 22 deste mês. 

De acordo com a polícia, o suspeito de ser mandante do crime tinha uma dívida de R$ 8 mil há cerca de um ano com a vítima, um homem que praticava atividade de agiotagem, identificado como Davi Lima do Nascimento. O suspeito teria oferecido um valor de R$ 5 mil para que os outros suspeitos executassem o crime. Na ocasião, o mototaxista José Fabiano de Lima, que conduzia a vítima na garupa de uma moto, também foi morto.

O suspeito de ter executado as vítimas, bem como o motorista que o teria conduzido ao local do crime foram presos na tarde dessa quarta. Segundo o delegado da 4ª DHP, Victor Meira, as câmeras de segurança da estação Coqueiral mostraram como o crime foi efetuado.

"A motivação foi relacionada a agiotagem, atividade que uma das vítimas exercia há alguns anos. O mandante do crime estava devendo dinheiro, não estava conseguindo pagar e, por esse motivo, resolveu mandar matar a vítima". Ainda de acordo com o delegado, o suspeito de ser mandante do crime alegou que estava sendo ameaçado pela vítima.

"Inicialmente, o crime foi marcado na frente da estação Coqueiral. Lá, tem câmeras de segurança, que mostraram o carro chegando, o executor se aproximando das vítimas e efetuando o disparo", acrescentou.

O homem apontado como mandante do crime está sendo acusado por crime de homicídio qualificado. Já os demais devem responder por homicídio duplamente qualificado por motivo torpe. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco