Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ÁGUA

Compesa reduz o rodízio de água na Região Metropolitana do Recife

Publicado em: 14/04/2021 19:14

 (Foto: Divulgação/ Compesa)
Foto: Divulgação/ Compesa
A Compesa anunciou que irá ampliar a oferta de água em algumas cidades que são abastecidas com o Sistema Pirapama, cuja barragem está localizada no Cabo de Santo Agostinho. A barragem de Pirapama conseguiu elevar o seu nível de acumulação de 25,82% na sexta-feira (9), para os atuais 55,48%, devido às chuvas nos últimos dias. A mudança nos calendários de abastecimento irá valer para 430 mil pessoas de bairros do Cabo de Santo Agostinho, de Jaboatão dos Guararapes e do Recife.

A partir da próxima segunda-feira (19), começa a valer o novo calendário de abastecimento, tendo áreas com eliminação do rodízio e outras com redução. Jaboatão dos Guararapes, que enfrentava o rodízio mais rígido da RMR, será beneficiada com a mudança.  Os bairros de Piedade, Cajueiro Seco, Barra de Jangada e Cadeias, que eram abastecidos, em média, no esquema de 30 horas com e 24 horas sem água, serão beneficiados com água diariamente. Já Muribeca sairá de 12h x 84h para 6h x 42h e parte do bairro Vila Rica, que estava 1 dia com x 20 dias sem, passará para 1 dia com x 10 sem.

Já no Cabo de Santo Agostinho, locais como Ponte dos Carvalhos, Pontezinha, Praia do Paiva, Alto do Cruzeiro e Vila Pirapama terão o rodízio eliminado, voltando a receber água diariamente. Antes a média era de 36 horas com água e 36 horas sem. Além disso, haverá melhorias de pressão nas redes, o que significa a chegada da água mais forte na casa das pessoas, nas localidades de Garapú, Cohab e o Distrito Industrial da PE-60.

No Recife, os bairros de San Martin Mangueira e Jiquiá, que eram atendidos 1 dia com x 5 dias sem, agora receberão água no esquema de 20h com x 28h sem. Por fim, os bairros de Ipsep, Afogados e Imbiribeira terão água nas torneiras 4,5 dias com para 12 horas sem (antes era 2,5 dias com para 12 horas sem). 

"Vale destacar que a quadra chuvosa está apenas começando e nossa expectativa é que as chuvas deste inverno permitam, de fato, a recuperação dos principais reservatórios da RMR, e das demais regiões do Estado, para que possamos, tão logo seja viável, anunciar novas reduções de rodízio em cada vez mais regiões”, destaca a presidente da Compesa, Manuela Marinho. 

Níveis dos mananciais

A barragem de Duas Unas, localizada em Jaboatão dos Guararapes, e que pertence ao Sistema Integrado Tapacurá, também teve um bom acúmulo de água e agora atingiu 35,43%. Por outro lado, a mesma proporção de recuperação não foi observada na barragem de Tapacurá, situada em São Lourenço da Mata, que passou de 27.43% para 29,46%. A barragem de Várzea do Una, que fica em São Lourenço da Mata, que estava praticamente em colapso com apenas 5,84%, teve uma elevação de nível para 16,67%. Outra barragem que estava em uma fase bem crítica, Botafogo, localizada em Igarassu, está hoje com 13,81%, uma boa recuperação quando comparado com o nível do manancial anteriormente que era de 4,35%.
TAGS: pirapama | rmr | rodízio | compesa | água |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco