Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

EDUCAÇÃO

Aulas presenciais da educação infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental começam a voltar em Pernambuco

Publicado em: 05/04/2021 13:03 | Atualizado em: 05/04/2021 18:07

Colégio Núcleo em formato de ensino presencial, mas seguindo todos os protocolos sanitários.  (Foto: Colégio Núcleo/ Divulgação)
Colégio Núcleo em formato de ensino presencial, mas seguindo todos os protocolos sanitários. (Foto: Colégio Núcleo/ Divulgação)
Nesta segunda-feira (5) começa a valer o novo cronograma de retorno gradual das aulas presenciais nas escolas de Pernambuco. A partir de hoje podem retornar às escolas particulares a educação infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. O retorno gradual também abrange as instituições de ensino superior e os cursos livres que também estão autorizados a retornarem.

De acordo com o  anúncio feito pelo Governo de Pernambuco na última quarta-feira (31), a retomada às salas de aula ocorre em diferentes fases, de acordo com o nível de ensino e modalidade. Contudo, o sistema híbrido de ensino não é descartado no novo cronograma divulgado pelo governo, no qual permite aulas remotas e presenciais, tendo a decisão pela modalidade de ensino à cargo dos pais e os próprios estudantes. Além do retorno programado para hoje, no dia 12 de abril, a rede privada está liberada para retomar aulas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e as do ensino médio.

O diretor do Colégio Núcleo, Gilton Lyra, com unidades nos bairros da Jaqueira, na Zona Norte, e em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, avalia que cerca de 50% dos estudantes optaram pelo formato presencial, mas que o colégio continua com a modalidade híbrida para que os pais possam escolher o melhor formato de estudo e segurança para os filhos.  
 
O estudante do Colégio Núcleo Gabriel Stamford, 15, que está cursando o segundo ano do ensino médio, conta que optou pelo método de estudo 100% virtual porque foi se acostumando aos poucos com a metodologia adotada pelo colégio e chegou o momento em que o estudante preferiu o ensino remoto em relação ao presencial. “Sempre gostei do silêncio na sala de aula. E convenhamos, no online esse silêncio é muito mais evidente, uma vez que a comunicação entre alunos se restringe bastante dentro do meio de aula. Nunca fui um aluno que apreciei tanto o contato físico dentro da escola, então... um grande  ponto negativo para muitas pessoas - a falta do contato, do 'calor humano' - acabou não me influenciando tanto”, confessou.

O estudante completa ainda que a adaptação dos professores ao ensino remoto foi ótima, o que colaborou com sua decisão, mas reconhece que nem todo aluno tem a oportunidade de contar com uma boa estrutura de ensino remoto como ele teve acesso. “Infelizmente, estou ciente de que a qualidade de ensino em diversas regiões do Brasil são muito heterogêneas, então não posso generalizar esta minha fala para todo o ensino brasileiro.”
 

CRONOGRAMA
A rede pública estadual está programada para voltar no dia 19 de abril com o 3º ano do ensino médio, todo o ensino infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, enquanto que no dia 26 de abril, poderão voltar o 2º ano do ensino médio e 8º e 9º anos do ensino fundamental. Por último, no dia 3 de maio, será a vez do retorno do 1º ano do ensino médio e 6º e 7º anos do ensino fundamental.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Metade da população adulta nos EUA já tomou ao menos uma dose de vacina contra Covid
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco