Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

AÇÃO SOCIAL

Rotary Club lança campanha de arrecadação de alimentos para famílias vulneráveis do Recife; saiba como ajudar

Publicado em: 25/03/2021 17:16 | Atualizado em: 25/03/2021 17:39

 (Rotary Club do Espinheiro/Divulgação)
Rotary Club do Espinheiro/Divulgação
Em um período de precarização das políticas de proteção social, fragilidade econômica e aumento do desemprego, em que a taxa de desocupação em Pernambuco está em 17,9% e num país onde aproximadamente 15,3 milhões de pessoas não procuraram trabalho por conta da pandemia ou por falta de oportunidade, dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE, ações assistencialistas imediatas podem contribuir para salvar vidas. Com essa ideia, o Rotary Club do Espinheiro, na Zona Norte do Recife, lançou a campanha “Semana Santa Sem Fome”, para arrecadar doações para montagem de cestas básicas, para serem distribuídas em comunidades da Região Metropolitana sem alcance de programas sociais.

“No momento em que a gente está vivendo, esse tipo de ação é um alento para quem está desempregado e não sabe de onde tirar a comida; para aqueles pais que não sabem o que fazer com os filhos ou que irá acontecer amanhã. Então, as vezes a gente chega num momento primordial de vida das pessoas e isso dá um fôlego. Essa ação não é para subsistir, é uma coisa bem mais imediata”, explica a Presidente do Rotary Club do Espinheiro, Silvia Muniz. A instituição é um clube internacional, sem fins lucrativos, que é voltado para serviços comunitários.

Para os membros do clube, a ação será uma forma de ajudar famílias em situação vulnerabilidade social, principalmente aquelas que não conseguem ser abarcadas por programas sociais. “Infelizmente chegamos num nível de crise econômica e financeira, que temos escalas de miserabilidade, e nossa ideia é chegar justamente o mais próximo que a gente puder dessas pessoas que não estão abarcadas por nenhuma entidade”, reflete a presidente. De acordo com os representantes do clube, a previsão é realizar ações no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife e no bairro do Totó, na Zona Oeste.

“Surgiu a ideia de fazer entrega de cestas básicas, mas não a cesta comum, pois os valores dos alimentos estão um absurdo. Então, nós montamos um kit mínimo de cesta básica. Porque as vezes é uma semana de alimentação que evita que a pessoa cometa um crime, ou vá para rua ou ainda que atente contra a própria vida”, explica Silvia.

 (Rotary Club do Espinheiro/Divulgação)
Rotary Club do Espinheiro/Divulgação

O kit de alimentação será composto por 2 pacotes de fubá, 1 kg de feijão, 1 kg de açúcar, 1 kg de farinha e 2 latas de sardinhas, ao valor de R$ 25,00. Para quem não puder contribuir com o valor, pode contribuir com a doação de alimentos que integrem o kit.

“A miserabilidade se tornou muito maior do que os olhos conseguiam ver. É uma questão muito obscura. Há uma importância no papel de cada indivíduo: olhar para os lados. E nessa ação é isso que a gente quer. É olhar para aqueles que não estão conseguindo ajuda de forma nenhuma”, finaliza Silvia Muniz.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Posse e compra de armas de fogo geram polêmica entre autoridades e população
Liberdade de imprensa piora no Brasil de Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 20/04
Metade da população adulta nos EUA já tomou ao menos uma dose de vacina contra Covid
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco