Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

BOLETIM

Pernambuco chega a marca de 1,4 mil leitos de UTI e registra 2.172 casos de Covid-19 em 24h

Publicado em: 23/03/2021 19:01

 (Foto: Diego Nigro/ SEI
)
Foto: Diego Nigro/ SEI
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (23), 2.172 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 223 (10%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.949 (90%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 333.498 casos confirmados da doença, sendo 34.836 graves e 298.662 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 284.418 pacientes recuperados da doença. Destes, 20.543 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 263.085 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 64 novos óbitos (30 masculinos e 34 femininos), ocorridos entre os dias 20/08/2020 e 22/03/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Afogados da Ingazeira (1), Aliança (1), Araripina (3), Bom Conselho (1), Brejo da Madre de Deus (1), Camaragibe (2), Camutanga (1), Cedro (1), Condado (1), Exu (1), Ferreiros (1), Garanhuns (1), Goiana (2), Ipubi (1), Itaquitinga (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Jurema (1), Lagoa Grande (1), Limoeiro (1), Olinda (3), Petrolina (4), Recife (22), Santa Cruz do Capibaribe (1), São José do Belmonte (2), São José do Egito (1), São Lourenço da Mata (1), Serrita (1), Vertentes (1) e Vitória de Santo Antão (2). Com isso, o Estado totaliza 11.762 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 11 e 93 anos. As faixas etárias são: 10 a 19 (1), 30 a 39 (3), 40 a 49 (8), 50 a 59 (10), 60 a 69 (14), 70 a 79 (16) e 80 ou mais (12). Do total, 50 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (29), diabetes (27), hipertensão (15), obesidade (7), doença respiratória/histórico de doença respiratória (4), tabagismo (4), doença renal (4), histórico de AVC (3), imunossupressão (3), câncer (2), doença neurológica (2), doença de Alzheimer (1) e doença hepática (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Quatro não tinham comorbidades e os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 27.412 casos foram confirmados e 46.755 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

UTI

Nesta terça-feira (23), Pernambuco ultrapassou a marca de 1,4 mil leitos de UTI voltados exclusivamente para pacientes graves acometidos pela Covid-19. Agora, o Estado conta com 1.409 vagas de terapia intensiva espalhadas do Litoral ao Sertão, em unidades da rede pública e também em serviços da rede privada contratualizados pelo Governo de Pernambuco. Além disso, há outros 1.144 leitos de enfermaria, totalizando 2.553 leitos para a assistência aos casos da Covid-19.

Nas últimas 24h, foram abertos 2 leitos de terapia intensiva na UPAE de Petrolina - unidade que conta agora com 30 vagas de UTI e 20 de enfermaria. Além disso, já estão sendo regulados pela rede pública estadual, 10 leitos de UTI no Hapvida - Unidade Caxangá contratados pelo Governo do Estado.

Desde o início do mês de março, já são 405 leitos de terapia intensiva abertos em todo o Estado e até mesmo fora do território pernambuco - uma média de 18 novas vagas de UTI por dia. 

"Mesmo com todo esse esforço, nosso sistema de saúde está cada vez mais pressionado. Abrir novos leitos é uma ação necessária para garantir chance de recuperação aos pacientes graves. Mas precisamos um esforço ainda maior, de todos. A única medida capaz de frear a curva crescente da Covid-19 em nosso Estado é reduzir a circulação de pessoas. Mais do que nunca, a palavra-chave é solidariedade: pensar em si e pensar no outro", destaca o secretário André Longo.

Balanço da vacinação

Pernambuco já aplicou 734.361 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 542.935 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 190.599 trabalhadores de saúde; 24.466 povos indígenas aldeados; 26 em comunidades quilombolas; 6.097 idosos em Instituições de Longa Permanência; 4.318 idosos de 64 a 69 anos; 145.725 idosos de 70 a 79 anos; 87.189 idosos de 80 a 84 anos; 83.635 idosos a partir de 85 anos; além de 880 pessoas com deficiência institucionalizadas.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 141.580 trabalhadores de saúde; 23.230 povos indígenas aldeados; 4.335 idosos institucionalizados; 719 idosos de 70 a 79 anos; 18.964 idosos de 80 a 84 anos; 1.975 idosos a partir de 85 anos e 623 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 191.426 pessoas que já finalizaram o esquema.

Síndrome pediátrica

A Secretaria Estadual de Saúde informa que não foram registrados novos casos da Síndrome Inflamatória Multissistêmica (SIM-P). Até o momento, continuam as 28 ocorrências já divulgadas: 26 evoluíram para cura e alta hospitalar e 2 vieram a óbito.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco