Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

COVID-19

Com mais 2 mil doses, Serra Talhada vacina idosos entre 70 e 74 anos

Publicado em: 22/03/2021 14:29 | Atualizado em: 22/03/2021 15:03

 (Wellington Júnior/ASCOM)
Wellington Júnior/ASCOM
O município de Serra Talhada, no Sertão, recebeu 2.020 doses das vacinas Coronavac (do Instituto Butantan) e Astrazeneca (da Fiocruz), para imunizar idosos, trabalhadores da saúde e população quilombola. De acordo com a prefeitura, nesta segunda-feira (22), idosos entre 70 e 74 anos, a população quilombola e os trabalhadores da saúde que ainda não foram vacinados, podem procurar as unidades de saúde para receber o imunizante.

“Acabamos de receber mais 2.020 doses de esperança para iniciarmos a vacinação de idosos de 70 a 74 anos, quilombolas e também trabalhadores da saúde que ainda estavam aguardando sua vez, uma notícia muito boa para começarmos a semana”, disse a prefeita Márcia Conrado (PT).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, são 390 doses para quilombolas, 60 doses para trabalhadores da saúde e 1.570 doses para idosos entre 70 e 74 anos.

“Temos 613 quilombolas no município e estamos recebendo 60% das doses, temos 2.870 trabalhadores e estamos recebendo mais 2% de doses e 2.067 idosos de 70 a 74 anos e estamos recebendo 72% das doses”, explicou a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) do município, Karla Lima. A nova remessa de imunizantes foi entregue este domingo (21), e foram recebidas pela prefeita e pela secretária de Saúde, Lisbeth Lima, na sede da XI Gerência Regional de Saúde.

Imunização

De acordo com a gestão, o município aplicou cerca de 5.940 doses de vacinas contra a Covid-19, alcançando trabalhadores da saúde da rede pública e privada, idosos, cuidadores de idosos, pacientes da Residência Terapêutica, agentes funerários e coveiros. “Idosos com idades entre 75 e 79 anos devem procurar o PNI para se vacinar. Idosos com 70 anos ou mais que não puderem se locomover ao PNI ou uma unidade de saúde devem comunicar ao agente comunitário de saúde de sua localidade para receber a vacina em domicílio”, orienta a prefeitura.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Posse e compra de armas de fogo geram polêmica entre autoridades e população
Liberdade de imprensa piora no Brasil de Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 20/04
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco