Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ANIMAIS

Polícia investiga universitário suspeito de maus-tratos a gatos no bairro da Madalena

Publicado em: 17/02/2021 19:22 | Atualizado em: 17/02/2021 20:07

 (Reprodução/Internet)
Reprodução/Internet
Um universitário de 23 anos foi flagrado por câmaras maltratando animais em situação de rua, no bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), um inquérito policial foi aberto para investigar o caso. As imagens que circulam nas redes sociais mostram o suspeito com um dos animais já morto.

Segundo a organizadora do projeto voluntário “Adota, vai!”, que atua na área cuidando dos animais abandonados, tudo começou no dia 9 de fevereiro, quando encontraram a carcaça de cinco gatos mortos, sendo quatro filhotes e um adulto.“Através das câmeras a gente viu que esse rapaz  tinha maltratado vários gatos e matado alguns deles. Inclusive, quando a gente chegou, o corpinho do gato ainda estava lá”, conta a designer e idealizadora do projeto, Milena Coutinho.

Diante da situação, Milena utilizou as redes sociais do projeto para pedir ajuda. “Daí começou tudo, a divulgação na internet e nas redes sociais. Foi quando outras denúncias começaram a chegar também”, conta. “Em princípio foram cinco gatos, sendo quatro filhotes e um adulto, coincidência ou não, todos eram brancos”, explicou.

Segundo relatos, o universitário, que é estudante de Direito numa instituição particular no Recife, teve seu carro apreendido, e está foragido até o momento.

Segundo a Polícia Civil, na última sexta-feira (12) foi registrado na Delegacia do Meio Ambiente (Depoma), um boletim de ocorrência de maus tratos contra animais. De acordo com a Secretaria Executiva de Direitos dos Animais (SEDA) da Prefeitura do Recife, desde janeiro foram registradas 112 queixas de maus-tratos a animais, enviadas para Ouvidoria Geral e aos órgãos competentes.

Num dos vídeos divulgados é possível ver que o universitário percorre todo o local onde os gatos vivem na rua, como se estivesse caçando os animais. Em certo momento, ele pega um dos bichos coloca numa calçada e o chuta. Em outro registro, o estudante de Direito retira a camisa e continua a percorrer por toda localidade. O suspeito teria ficado atrás dos felinos durante uma hora, até entrar em seu carro e sair do local.

Em nota, a SEDA informou que “promove, em ação conjunta com o Centro de Vigilância Ambiental do Recife (CVA), o recolhimento de felinos abandonados na cidade do Recife e realiza procedimentos de castração, vacinação e vermifugação, de modo a preservar o bem-estar dos animais e da população”.

O projeto 'Adota, vai!' surgiu, de acordo com a idealizadora, após o envenenamento de 31 gatos, em abril de 2019, na mesma localidade onde o universitário foi flagrado por câmeras este ano. “Eu comecei o projeto com o intuito de dar uma visibilidade maior para aqueles animais. Além da divulgação, o objetivo é alimentar, dar o máximo de cuidado possível a eles na rua e conseguir adoção. Com os andamentos das investigações, espero que seja comprovado e divulgado o real culpado por isso tudo. Que a justiça seja feita e que ele pague pelos crimes que cometeu”, explica Milena.
 
PROCEDIMENTOS 

De acordo com a Secretaria, os animais do bairro da Madalena são levados para a sede do CVA, no bairro de Peixinhos. “Nas diligências, membros da Secretaria Executiva acompanham a fiscalização, com a presença de um médico veterinário, onde o profissional avalia a situação dos animais e expede um laudo técnico para embasar a apuração policial”, informou.

A Prefeitura do Recife informou que as denúncias a maus-tratos contra animais podem ser registradas na Ouvidoria através do telefone 0800 281 0040, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, ou pelo e-mail ouvidoria@recife.pe.gov.br.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Com 93% de taxa de ocupação de UTIs, Pernambuco decreta mais restrições
De 1 a 5: saiba qual é seu perfil profissional e como tirar o máximo proveito dele
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/03
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco