Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

FUNASE

Pernambuco investe em segurança nas unidades da Funase

Publicado em: 09/02/2021 18:22

 (Foto: Divulgação/Funase)
Foto: Divulgação/Funase
Até o fim deste mês, deve ser finalizada a distribuição de 17 novos detectores de metal portáteis para uso em unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) situadas na Região Metropolitana do Recife e no Interior do Estado. O pacote de ações também inclui a compra de outros itens de prevenção e a reposição do quadro de agentes socioeducativos por meio do chamamento de profissionais do cadastro de reserva de seleções públicas simplificadas.

Nos últimos meses, a Funase, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), já havia adquirido 225 rádios comunicadores, fundamentais para o trabalho das equipes em alas e pavilhões. Atualmente, novos processos licitatórios estão ocorrendo para a compra de cadeados e outros itens de prevenção a crises. Só para repor ou adquirir equipamentos de segurança para o sistema socioeducativo, o aporte de recursos públicos chega a R$ 199 mil. Já a contratação de agentes socioeducativos, que atuam como educadores e também na segurança, busca suprir 16 vagas abertas após o término de contratos em Timbaúba e em Petrolina. O período de apresentação dos profissionais convocados termina nesta terça-feira (9).

Segundo a presidente da Funase, Nadja Alencar, os investimentos nessa área têm sido fundamentais para assegurar a tranquilidade das ações pedagógicas realizadas junto aos adolescentes atendidos. “Em plena pandemia, com todas as dificuldades naturais do isolamento vivenciado pelos socioeducandos, temos conseguido manter nossas atividades, com criatividade das nossas equipes, mas também com esforços de segurança. Enquanto instituição, temos conseguido prevenir muitas situações de crise por meio de ações de segurança e inteligência. A sociedade reconhece essa diferença em relação à Funase de antes e a de agora”, avalia.

No mesmo sentido, o coordenador de Segurança da Funase, coronel Alexandre Cruz, destaca. “Na Funase, atuamos em articulação o tempo todo com as polícias, para salvaguardar o entorno das unidades e para o apoio em operações. Mas é importante dizer que é feito um investimento interno muito forte também, por meio de capacitações dos nossos profissionais em diversas áreas, inclusive em segurança, e na reposição ou acréscimo de equipamentos. A segurança é um meio fundamental para a realização das atividades de socioeducação desses jovens”, afirma.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à obesidade ganha ainda mais importância no contexto da pandemia
Resumo da semana: explosão de casos de Covid-19 e desdém do presidente
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 05/03
Na pior fase da pandemia, cidades fazem panelaço contra Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco