Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

AMPLIAÇÃO

Pernambuco deve receber, neste fim de semana, nova remessa de vacinas contra a Covid-19

Publicado em: 04/02/2021 17:10 | Atualizado em: 04/02/2021 18:06

 (Foto: Chaideer Mahyuddin/AFP)
Foto: Chaideer Mahyuddin/AFP
Pernambuco deve receber mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (4), pela Secretaria Estadual de Saúde. O novo lote da CoronaVac, fabricado pela chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, está previsto para aportar no Recife já neste fim de semana. De acordo com a pasta, a expectativa é para a chegada de cerca de 118 mil doses, reforçando a imunização nos profissionais de saúde e no público prioritário de idosos.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, existe a percepção de uma discreta estabilidade na incidência de casos, mas com números ainda alarmantes. O apanhando sinaliza uma média de cerca de 100 mortos e 300 novos casos graves por semana. “Não temos dados que nos tragam motivos para comemorar, não podendo encarar este panorama como uma queda sustentada. É sempre importante o reforço dos cuidados, lembrando que a pandemia ainda não acabou”, disse.

O gestor ressaltou, ainda, uma pequena queda de 7% na solicitação de leitos nas duas últimas semanas, sendo 5% nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) e 10% nas enfermarias. No atual cenário, 927 pacientes ainda lutam pela vida na rede de saúde de Pernambuco, incluindo hospitais privados e particulares. “Temos observado o avanço da doença em outras regiões do país e a conclusão é de que todos precisamos estar vigilantes e atentos para coibir uma aceleração na curva epidêmica, evitando retrocessos em nosso plano de convivência” destacou Longo.

A secretaria de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque, também participou da coletiva e destacou que a Capital pernambucana já contabiliza cerca de 56,8 mil casos de pacientes recuperados. “Até o meio-dia de hoje, 31 mil pessoas já tinha sido vacinadas no Recife”, lembrou, ressaltando que as pessoas ainda tenham dificuldade em realizar o cadastro de vacinação pela internet, podem se dirigir a uma Unidade Básica de Saúde mais próxima da residência ou a um dos cinco drives-thru disponibilizados na cidade.

Os gestores destacaram ainda que vêm alinhando esforços para apurar e punir o desrespeito ao público prioritário da vacina, conhecidos como casos de “fura-fila”. Segundo eles, o diálogo com o Ministério Público e demais entes de segurança devem trazer punições mais severas, coibindo este tipo de irregularidade. Questionada sobre quanto tempo os idosos, atualmente acometidos ou que contraíram a Covid-19 recentemente, devem aguardar para tomar a vacina, Luciana Albuquerque explicou que pessoas que apresentem sintomas devem esperar quatro semanas para que sejam imunizadas. Já aquelas assintomáticas, após o teste PCR positivo, devem aguardar quatro semanas após este resultado.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à obesidade ganha ainda mais importância no contexto da pandemia
Resumo da semana: explosão de casos de Covid-19 e desdém do presidente
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 05/03
Na pior fase da pandemia, cidades fazem panelaço contra Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco