Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

OPERAÇÃO

Pessoas presas e alvos prioritários: PCPE cumpre mandados de prisão por homicídio no Grande Recife

Publicado em: 15/02/2021 13:00 | Atualizado em: 15/02/2021 15:15

 (Foto: Divulgação/PCPE)
Foto: Divulgação/PCPE
A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) desencadeou, nesta segunda-feira (15), a operação “Dionísio”, que tem o objetivo de prender suspeitos de tentativa e prática de homicídio no Grande Recife. Desde que as investigações foram iniciadas, foram cumpridos 17 mandados de prisão, sendo dois de forma preventiva. No entanto, ainda existem cinco alvos soltos, o que significa que a operação ainda está em andamento. Os mandados foram cumpridos nos municípios de Olinda, Paulista e São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana da Capital.

Dos 17 mandados de prisão cumpridos, cumpridos entre a sexta (11) e o sábado (12), 15 pessoas já cumpriam pena nas unidades prisionais do Estado por outros crimes. “Todos os indiciados foram denunciados pelo Ministério Público, cuja denúncia foi recebida pelos Poderes Judiciários locais, culminando no cumprimento de 17 mandados de prisão”, destacou o gestor da Divisão de Homicídios Metropolitana Norte, Vitor Freitas. Entre os presos, segundo o delegado, haviam alvos prioritários.

“Foram homicídios consumados e tentados, cometidos nas regiões. Alguns deles já estavam inclusos no sistema prisional, mas continuavam cometendo crimes de dentro do presídio ou presos por outros motivos”, acrescentou.

Além dos 15 alvos que já se encontravam presos, outros dois suspeitos tiveram a prisão preventiva decretada ao longo das investigações. De acordo com o delegado titular da 7° Delegacia de Polícia de Homicídio de Paulista, Diego Jardim, um dos suspeitos - que não teve a identidade revelada - teria cometido o crime no dia 25 de abril de 2020.

"Foi um homicídio qualificado, por motivo fútil, onde houve uma discussão por conta de uma dívida de 400 reais, em decorrência da negociação de uma moto". O delegado explica que a vítima não pagou a dívida e, por conta disso, foi assassinada. "O alvo chamou alguns primos e mataram a vítima. Os co autores (do crime) foram presos pela Polícia Militar também em cumprimento dos mandados", disse.

O segundo caso, confirmado pela polícia como uma tentativa de homicídio, aconteceu no dia 18 de maio, em São Lourenço da Mata. Segundo o delegado titular da 10ª DHP, Daniel Lira, o suspeito sentiu ciúmes da esposa com o vizinho e tentou matá-lo. “Em maio do ano passado, houve essa tentativa de homicídio, na qual o autor estava foragido desde então. Ele tentou matar o vizinho porque achava que existia um caso entre ele e sua esposa”. Ainda segundo o delegado, o homem utilizou uma faca para efetuar golpes contra a vítima. O suspeito foi localizado na última sexta-feira (11), no bairro de Maranguape I, em Paulista, e preso em seguida.

“A operação não foi finalizada. Existem pelo menos cinco alvos que continuam soltos e que provavelmente serão capturados pelas equipes ao longo dessa semana”, finalizou o delegado Vitor Freitas.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à obesidade ganha ainda mais importância no contexto da pandemia
Resumo da semana: explosão de casos de Covid-19 e desdém do presidente
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 05/03
Na pior fase da pandemia, cidades fazem panelaço contra Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco