Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

VACINAÇÃO

Pernambuco inicia vacinação com a AstraZeneca em idosos a partir de 85 anos

Publicado em: 26/01/2021 17:08 | Atualizado em: 26/01/2021 20:36

 (Foto: Aluísio Moreira/SEI)
Foto: Aluísio Moreira/SEI
Em ato simbólico, Pernambuco deu início a vacinação de idosos a partir de 85 anos de idade com o imunizante da AstraZeneca/Oxford, nesta terça-feira (26). Na cerimônia, que aconteceu no Compaz Escritor Ariano Suassuna, no bairro de San Martin, Zona Oeste do Recife, e contou com a presença do governador Paulo Câmara, dez pessoas do grupo prioritário foram vacinadas.

As 84 mil doses da vacina indiana, que chegaram ao estado no último domingo, estão sendo destinadas à imunização de pernambucanos desse grupo prioritário. De acordo com Câmara, as vacinas já foram distribuídas à maioria das Gerencias Regionais de Saúde. “As vacinas já saíram de toda a nossa distribuição, e devem chegar à última Gerência Regional de Saúde no interior até o final do dia. O Governo do Estado está cumprindo com o planejamento. As vacinas chegam a Pernambuco, são redistribuídas para todas as Geres e os municípios ficam aptos a buscar suas doses”, afirmou o governador.

No evento simbólico, a primeira desse grupo a receber a vacina contra a Covid-19 foi Maria das Neves, de 91 anos. Acompanhada de uma das filhas, ela se disse contente com o momento. “Agora vou poder abraçar meus filhos e meus netos, mas sempre mantendo todos os cuidados necessários. Estou voltando para casa aliviada e feliz”, contou. A filha de dona Maria, Lucia Valença, ressaltou o sentimento de esperança por dias melhores após o feito. “É um momento de alívio e de esperança que marca o começo do fim dessa pandemia. Minha mãe é uma pessoa de risco, então estávamos todos angustiados”, relatou.

Segundo o governo do estado, além dos 79,9 mil insumos da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz enviados aos municípios, pouco mais de 4 mil ficaram sob posse do estado, para possíveis ajustes posteriores com as cidades. Pernambuco recebeu 84 mil doses desse fabricante apenas para a primeira aplicação. A expectativa é que a segunda, que deve ser feita três meses após receber a primeira dose, seja encaminhada posteriormente pelo Ministério da Saúde.

O uso dos imunizantes foi analisado pelo Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19 e pactuado com os municípios na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), na última segunda-feira (25). A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) reforçou que ambas as vacinas enviadas a Pernambuco – tanto a Coronavac/Butantan como a AstraZeneca/Oxford/Fiocruz – são seguras, aprovadas para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e já estão sendo usadas em diversos países no combate ao novo coronavírus.

Escolha do público-alvo
A população a partir dos 85 anos de idade representa 5% de todos os idosos de Pernambuco. Segundo o estado, a escolha pela imunização desse público no momento foi baseada nos dados epidemiológicos. Atualmente, 2/3 dessa faixa etária vem a falecer ao contrair a síndrome respiratória aguda grave (Srag) pelo novo coronavírus. Ou seja, 66% dos adoecimentos a partir dos 85 anos tiveram como desfecho o óbito. Do total das mortes no estado, 15% são de idosos a partir de 85 anos, que representam apenas 1% de todos os pernambucanos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Posse e compra de armas de fogo geram polêmica entre autoridades e população
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco