Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

MEIO AMBIENTE

Praias do Litoral Sul recebem operação da Agência Estadual de Meio Ambiente para proteção do caranguejo-uçá

Publicado em: 08/01/2021 16:36 | Atualizado em: 08/01/2021 16:51

 (Agência Estadual de Meio Ambiente/Divulgação)
Agência Estadual de Meio Ambiente/Divulgação
No município de Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul, a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) realiza fiscalizações em estabelecimentos comerciais localizados nas praias de Calhetas e Vila de Nazaré. As ações, que começaram na quinta-feira (7), fazem parte da Operação Verão e visam alertar sobre os períodos em que os animais caranguejo-uçá, popularmente conhecidos como "andada", se reproduzem na natureza.

“Nós aplicamos oito autos de infração por falta de licenciamento ambiental. Os infratores receberam prazo de 15 dias para regularizarem a situação”, explicou a coordenadora da Operação Verão, Elba Borges. Nesta época as atividades de caça, coleta e pesca esportivas e comerciais ficam vetadas ou controladas, devido a reprodução dos animais na natureza.

Segundo a agência, em 2021, os períodos de proibição, por conta do defeso, estão distribuídos nos 14 a 19 de janeiro; 29 de janeiro a 03 de fevereiro; 28 de fevereiro a 05 de março e de 29 de março a 03 de abril.

“A ação foi realizada também com o propósito de divulgar os períodos de defeso do caranguejo-uçá, conhecido como andada. São períodos do ano quando o caranguejo-uçá deixa a sua toca para realizar o acasalamento. É proibido capturar, comercializar, transportar, realizar o beneficiamento e a industrialização do crustáceo, na época do defeso”, informa a Agência Estadual.

A ação da CPRH tem como base a Portaria nº 325 da Secretaria de Aquicultura e Pesca, ligada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A operação é realizada em parceria com Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho e Complexo Industrial Portuário de Suape, em atendimento às recomendações do Ministério Público Federal, para a realização de fiscalizações conjuntas nos sete municípios do Litoral Sul de Pernambuco. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Mundo tem recorde de mortes por Covid-19 em 24 horas
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 27/01
AstraZeneca defende eficácia em idosos depois de questionamentos
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 26/01
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco