Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Covid-19

André Longo: 'Tendência é começar a (próxima) semana sem fila para UTI'

Publicado em: 05/06/2020 21:50

Segundo secretário estadual de Saúde, há 35 pessoas aguardando leito de UTI na rede estadual. (Foto: Heudes Regis/SEI/Divulgação)
Segundo secretário estadual de Saúde, há 35 pessoas aguardando leito de UTI na rede estadual. (Foto: Heudes Regis/SEI/Divulgação)
O secretário estadual de Saúde, André Longo, disse, em coletiva de imprensa online nesta sexta-feira (5), que a tendência para a próxima semana é zerar a fila de pacientes que aguardam um leito de UTI na rede estadual de saúde. Hoje, há 35 pessoas aguardando uma vaga de terapia intensiva no estado. Nessa quarta-feira (3), havia cerca de 50 pacientes na fila, que chegou a ter mais de 300 pessoas, em maio.

"Zeramos a lista por vagas em enfermaria, que chegava a 150 pessoas", afirmou Longo, na coletiva. O secretário ressaltou que novos leitos serão abertos nos hospitais Brites de Albuquerque, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife; no Mestre Vitalino, em Caruaru, e Dom Moura, em Garanhuns, no Agreste pernambucano. "Isso deve nos levar a uma das melhores semanas para a rede estadual de saúde, com tendência de iniciar a semana sem fila para a UTI e com o número de ocupação (dos leitos) baixando", disse.

O secretário destacou que Pernambuco voltou ao estágio de pré-aceleração da epidemia. "Em breve, vamos baixar a taxa de ocupação para um patamar melhor. Percebemos uma menor pressão no sistema de saúde nos últimos meses e isso aponta para a retomada gradual, segura e lenta", destacou Longo. Por outro lado, o secretário enfatizou que o cenário de estabilização da Covid-19 no estado não afasta a preocupação com a doença e a possibilidade de novas ondas de casos e mortes.

De acordo com o boletim epidemiológico do novo coronavírus em Pernambuco desta sexta-feira, o estado tem 1.543 leitos na rede estadual exclusivamente para pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), incluindo a Covid-19. Desses, 688 são de UTI e 855 são de enfermaria. A taxa de ocupação média dos leitos no estado é de 75%. Nos leitos de terapia intensiva, o índice de ocupação é de 95%. Já nas vagas de enfermaria, a taxa é de 63%. 


 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Louvre reabre com público reduzido após mais de três meses fechado
De 1 a 5: Práticas para cuidar da saúde mental em casa
06/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Músico vence limitações do distanciamento social oferecendo shows particulares por encomenda
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco