Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Educação

Estudantes da rede municipal de Caruaru têm aulas pela internet

Publicado em: 14/05/2020 15:53 | Atualizado em: 14/05/2020 16:20

 (Foto: Prefeitura de Caruaru/Reprodução)
Foto: Prefeitura de Caruaru/Reprodução
Neste período de pandemia do novo coronavírus, os estudantes da rede municipal de Caruaru contam com uma série de conteúdos em plataformas digitais e na TV para continuarem estudando. De acordo com o Censo Escolar, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a cidade, no Agreste do estado tem43.176 alunos e 138 escolas.

Em parceria com a Câmara de Vereadores do Município, a Prefeitura de Caruaru está disponibilizando aulas e desenhos animados educativos pela TV Câmara. De segunda a sexta-feira, das 7h30 às 10h, alunos da educação infantil, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) têm uma programação de aulas que pode ser acompanhada pelo canal 22.2. Para ter acesso ao sinal, é preciso instalar uma antena do tipo UFH. O material disponibilizado na programação da TV Câmara tem tradução em Libras e também é hospedado no canal da prefeitura no YouTube.

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, afirma que a parceria chega para unir forças nesse momento de pandemia. "De casa, eles poderão acompanhar um material valioso que vai ajudar na formação. Além da parceria com a Câmara de Vereadores, as aulas que serão exibidas têm o crédito da Fundação Roberto Marinho e da TV PinGuim, que nos disponibilizaram todo o material para os nossos estudantes", disse.

Para todas as ferramentas e plataformas a serem usadas pelos alunos, a Secretaria de Educação realizou um processo de formação para as equipes de acompanhamento pedagógico, formadores especialistas da Gerência de Ensino e profissionais das unidades escolares. "Para um melhor acompanhamento de todas as ações que estamos propondo, as equipes gestoras foram orientadas a elaborar um plano de ação para atender aos estudantes da melhor forma possível no período de pandemia", afirma o secretário de Educação da cidade, Henrique Oliveira.

Internet

Outra ferramenta utilizada para atender os alunos da rede municipal de ensino é a plataforma Aula em Casa. Incorporada ao site da prefeitura, a plataforma pode ser acessada por um superbanner na página. Na página inicial, está disponível um menu que leva o aluno para o conteúdo do seu interesse, que conta com uma série de atividades.

A Plataforma Escola Mais, de São Paulo, é outra parceria da Prefeitura de Caruaru e possibilita um ambiente conectado entre os alunos e professores do ensino fundamental 2 (6° ao 9° ano) e EJA (Fases 3 e 4). A ferramenta permite trocar informações e aprofundar os conhecimentos. Na plataforma, é possível oferecer videoaulas ao vivo, além de roteiros de estudos por ano. Conteúdos e sugestões dos educadores também podem ser encaminhados para os estudantes pela plataforma.

No portal da Secretaria de Educação, os professores da rede municipal também contam com um apoio complementar, tendo acesso aos materiais impressos, recursos digitais, indicações de videoaulas e aplicativos. Os educadores têm acesso aos links para conferir apostilas e ao site da Plataforma Escola Mais.

Impresso

Outra estratégia na cidade é a produção de materiais impressos para os estudantes. Apostilas serão entregues para todos os alunos, garantindo o atendimento da rede em sua totalidade. Para a educação infantil, será produzido um caderno para o Pré 1 e um caderno para o Pré 2, além de um material específico para orientação aos pais quanto à rotina junto aos estudantes com deficiência.

O ensino fundamental contará com nove cadernos diferentes, um para cada ano. A quantidade de atividades do caderno foi pensada para um mês de aula. Já as atividades foram desenvolvidas para que estudantes tenham autonomia para realizá-las. Também será disponibilizado um caderno específico para orientação aos pais quanto à rotina junto aos estudantes com deficiência.

Para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), serão desenvolvidos quatro cadernos de atividades, sendo um para cada fase, além de um caderno específico para orientação aos pais quanto à rotina junto aos estudantes com deficiência. O material será entregue em breve na casa dos estudantes, pelas escolas, para evitar aglomeração nas unidades educacionais.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Última Volta: GP da Espanha 2022 de F1
Antiproibicionismo: Marcha da Maconha por uma nova política de drogas
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Grupo Diario de Pernambuco