Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Coronavírus

Secretaria da Mulher de Garanhuns registra mais de 200 atendimentos durante pandemia do coronavírus

Publicado em: 27/04/2020 16:41

 (Foto: Secom/PMG)
Foto: Secom/PMG
A Secretaria da Mulher de Garanhuns tem intensificado seus atendimentos de assistência social, jurídica e psicológica às mulheres vítimas de violência, durante o isolamento social, em função da pandemia de coronavírus (Covid-19). De acordo com números divulgados pela Secretaria, no primeiro trimestre de 2020, o Centro Especializado de Atendimento à Mulher Joana Beatriz de Lima Silva (Ceam), orgão inserido na pasta, já atendeu 753 mulheres, sendo 252 atendimentos, desde o início do isolamento até o dia 23 de abril.

A secretária da Mulher, Walkíria Alves, ressaltou a importância de promover o serviço de atendimento durante o período de isolamento. ''Em todo o mundo, desde o início da quarentena, os registros de casos de violência contra a mulher tem crescido exponencialmente. Estamos vivendo um momento muito crítico e precisamos preservar a vida das mulheres. Por isso, com o apoio de nossos parceiros, estamos realizando atendimentos por meio de telefone e presenciais, em emergências'', comentou a gestora da pasta.

A secretaria também atua em conjunto com a Câmara Técnica de Enfrentamento à Violência de Gênero, formada pelas secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social e Direitos Humanos; comandos da Polícia Militar e Polícia Civil; Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, representantes do Centro de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas (Ceapa) e Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT).

Ainda segundo o levantamento, os números de boletins de ocorrência registrados na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), entre os dias 01 de março a 22 de abril, chegaram a 126, além da expedição de 69 medidas protetivas.

A Secretaria da Mulher está funcionando por meio dos telefones: Atendimento social - (87) 9814-1959; Atendimento jurídico - (87) 99660-3472; Atendimento psicológico - (87) 98143 8207. Demais informações podem ser esclarecidas no número (87) 98157-4722. Caso haja alguma ocorrência de violência doméstica, a Patrulha Maria da Penha, da Polícia Militar, pode ser acionada no número (87) 99104-8222.

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) está disponível pelo telefone (87) 3761-8509. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
Grupo Diario de Pernambuco