Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Solidariedade

Rede de cuidados arrecada doações para famílias de Igarassu

Publicado em: 02/04/2020 18:20

Expectativa é entregar cestas básicas, produtos de higiene e limpeza. (Camila Pífano/Arquivo DP)
Expectativa é entregar cestas básicas, produtos de higiene e limpeza. (Camila Pífano/Arquivo DP)

O isolamento social, medida importante para conter a disseminação do coronavírus, impacta na vida da população, gerando uma crise social. Neste momento, a rede de solidariedade tem sido responsável por ajudar diversas famílias em Pernambuco. Em Igarassu, a renda da maioria das famílias está comprometida, tanto pelos cortes salariais nas fábricas, quanto pela situação de informalidade dos trabalhadores que não podem sair para trabalhar e pela baixa geral no comércio, afetando também nossos povos tradicionais pesqueiros e marisqueiras. Uma campanha de arrecadação foi lançada pela Rede Igaraçuara de Cuidados para ajudar 200 famílias em 10 comunidades do município. 

O objetivo é ajudar de forma imediata essas famílias através de doações. O montante arrecadado será convertido em cestas básicas, com comida, material de limpeza e higiene. Não existe limite mínimo ou máximo de contribuição, mas segundo a Rede Igaraçuara de Cuidados, com R$ 20 já é possível proporcionar materiais de limpeza; com R$ 50, meia cesta básica; com R$ 80, meia cesta básica mais o kit completo de limpeza; com R$ 110, cesta completa com materiais de limpeza e higiene.

A doação deve ser feita através de uma Vakinha virtual, no link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/rede-igaracuara-de-cuidado

A Rede Igaraçuara de cuidados é uma articulação municipal da cidade de Igarassu, no Litoral Norte de Pernambuco, composta por diversos coletivos, entidades e negócios locais na tentativa de reduzir e minimizar os danos causados pelo Covid-19 e a crise social no município resultante das estratégias de prevenção necessárias. A atuação prioriza os espaços mais vulneráveis neste momento: as áreas rurais, quilombolas e as periferias.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Órfãos da pandemia: um retrato trágico da contaminação pelo novo coronavírus
Escolas particulares se antecipam e já organizam retorno das atividades mesmo sem data para retomada
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
É preciso tocar a vida e se safar deste problema, diz Bolsonaro sobre pandemia
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco