Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Balanço

Sobe para seis o número de mortes por coronavírus em Pernambuco; estado tem 77 casos confirmados

Publicado em: 30/03/2020 15:00 | Atualizado em: 30/03/2020 21:03

Morte registrada no boletim desta segunda aconteceu no Hospital dos Servidores do Estado. (Foto: Controladoria-Geral do Estado/Divulgação)
Morte registrada no boletim desta segunda aconteceu no Hospital dos Servidores do Estado. (Foto: Controladoria-Geral do Estado/Divulgação)
Mais uma morte por coronavírus foi confirmada em Pernambuco. Nesta segunda-feira (30), o estado contabiliza seis óbitos relacionados à Covid-19. De acordo com o novo boletim epidemiológico, Pernambuco tem 77 casos confirmados da doença, quatro a mais do que o número divulgado no último balanço, nesse domingo (29). Também foram registrados dois novos casos de cura clínica, chegando a 13 recuperações.

No Brasil, o Ministério da Saúde informou, nesta segunda, que são 4.579 casos confirmados e 159 mortes. O boletim do órgão federal contabiliza 78 casos em Pernambuco, um a mais do que o número divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Em relação aos casos confirmados, Pernambuco é o 11º estado brasileiro com o maior número de registros, atrás de São Paulo (1.517 casos confirmados);Rio de Janeiro (657); Ceará (372); Distrito Federal (312); Minas Gerais (261); Rio Grande do Sul (241); Santa Catarina (197); Bahia (176); Paraná (155) e Amazonas (151). Em relação à quantidade de mortes, porém, Pernambuco aparece como o terceiro estado, atrás apenas de São Paulo (113 óbitos) e Rio de Janeiro (18).

A mais recente morte relacionada à Covid-19 em Pernambuco foi a de um homem de 62 anos, com quadro de hipertensão e diabetes. Ele deu entrada no Hospital dos Servidores do Estado (HSE), no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, no dia 25 de março, depois de ser encaminhado por uma unidade de saúde do município de Goiana, com quadro de infecção no trato respiratório.

No HSE, o homem recebeu tratamento intensivo, foi entubado em ventilação mecânica e teve as amostras colhidas para os exames laboratoriais. A confirmação para a Covid-19 saiu nessa sexta-feira (27). O paciente evoluiu com piora do quadro clínico e morreu na tarde desse domingo. As mortes registradas no estado são de cinco homens e uma mulher, todos acima dos 60 anos.

LEIA MAIS:


Dos casos confirmados da doença nas últimas 24 horas em Pernambuco, três são do sexo masculino e um do feminino. Todos estão na faixa etária entre os 30 e 80 anos. Dos pacientes, dois são residentes do Recife, um de Olinda e um de Palmares, na Mata Sul do estado. Dois estão em isolamento domiciliar e dois em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Veja onde estão os casos confirmados de Pernambuco:

Os registros estão distribuídos por 10 municípios pernambucanos: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina e Goiana, além do arquipélago de Fernando de Noronha e de ocorrências de pacientes de outros estados e países. No momento, 19 pacientes estão internados, sendo 12 em UTI/UCI e sete em leitos de isolamento. Outros 39 estão em isolamento domiciliar e 13 já se recuperaram da Covid-19.

Restrições

Os secretários de Saúde do estado e do Recife, André Longo e Jailson Correia, respectivamente, ressaltaram nesta segunda que as medidas de restrição para incentivar o distanciamento social, como suspensão das aulas nas escolas e faculdades, deverão ser mantidas ao longo do mês de abril.

"Estamos fazendo análises diárias das curvas de projeção e, se as medidas que adotamos não tivessem sido tomadas, teríamos uma situação muito pior hoje. Estamos dialogando, por videoconferência, com todos os secretários estaduais de Saúde. Há uma previsão para que a curva de contaminação se acentue ainda nos primeiros dias de abril", disse André Longo.

Noronha

Teve início nesse sábado (28) em Fernando de Noronha o trabalho de montagem de um hospital de campanha para receber possíveis pacientes com a Covid-19. A estrutura está sendo levantada na Escola Arquipélago e ocupará uma área de 132 m². "O objetivo é fazer o atendimento inicial nesse pequeno hospital de campanha para que não sejam levados ao Hospital São Lucas (o único do arquipélago). Casos mais graves, eventualmente, serão transferidos para a capital", afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O hospital de campanha de Noronha terá seis leitos e capacidade para receber até 12 pessoas em tratamento. O arquipélago teve o primeiro caso confirmado nessa sexta-feira (27). O paciente é um homem de 48 anos, funcionário da empresa que administra o aeroporto da ilha. Ele está em isolamento no alojamento. Ao todo, 11 pessoas que trabalham na mesma empresa também foram isoladas e fizeram testes para identificar se eles foram infestados com o novo coronavírus.

Vacina

Desde o início do ano, Pernambuco registrou 231 casos confirmados para outros vírus de transmissão respiratória. Foram 120 casos de Influenza A; 55 de Influenza B; 42 de Influenza A(H1N1); seis casos de rinovírus; quatro testes positivos para outros tipos de coronavírus e quatro para outros vírus.

De janeiro a 30 de março, o estado registrou 53 mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), sendo 10 óbitos decorrentes de casos confirmados de Influenza A, cinco de Influenza B e seis positivos para Covid-19. Um teste deu negativo para Covid-19 e ainda aguarda resultado para Influenza. Além desses, 31 testes deram negativo tanto para Covid-19 quanto para Influenza e ainda estão em investigação.

Ainda não existe uma vacina para o novo coronavírus, mas há imunização para evitar outras formas de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Desde o dia 23 deste mês, idosos e profissionais de saúde começaram a receber a vacina contra gripe. Eles são o público-alvo da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe, que foi antecipada em um mês.

Na primeira fase, Pernambuco tem uma população a vacinar de 1.148.115. O objetivo da antecipação é proteger os pernambucanos contra três vírus da influenza - A(H1N1), A(H3N2) e B -, evitando adoecimentos e, consequentemente, o impacto nos serviços de saúde neste momento da ocorrência de casos do novo coronavírus.

Mortes

A primeira morte de um paciente com coronavírus no estado foi a de um homem de 85 anos que estava internado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), na área central do Recife. Ele tinha histórico de diabetes, hipertensão e cardiopatia isquêmica. Também foi confirmado o óbito de um homem de 69 anos que morava no Recife. Ele era hipertenso e tinha histórico de viagem para Portugal e Itália. Um turista canadense de 79 anos que estava no navio retido por 14 dias no Porto do Recife também morreu em decorrência da Covid-19.

Outra morte registrada no estado foi a de um homem de 82 anos que morava no bairro do Vasco da Gama, Zona Norte do Recife. Ele era diabético, hipertenso e tinha histórico de infecção do trato respiratório. Uma mulher de 69 anos que estava em hospital privado no Recife morreu após contrair o novo coronavírus. Ela tinha leucemia.

Evolução dos casos do novo coronavírus em Pernambuco:

25 de fevereiro – 1 caso suspeito

26 de fevereiro – 3 casos suspeitos

27 de fevereiro –  5 casos em investigação, 1 caso descartado

28 de fevereiro – 5 casos em investigação, 5 casos descartados

29 de fevereiro – 5 casos em investigação, 7 casos descartados

1º de março – 5 em investigação, 8 descartados

2 de março – 4 em investigação, 10 descartados

3 de março – 4 em investigação, 11 descartados

4 de março – 6 em investigação, 11 descartados

5 de março – 8 em investigação, 12 descartados

6 de março – 6 em investigação, 16 descartados

7 de março – 7 em investigação, 16 descartados

8 de março – 9 em investigação, 18 descartados

9 de março – 12 em investigação, 18 descartados

10 de março – 12 em investigação, 22 descartados

11 de março – 17 em investigação, 22 descartados

12 de março – 2 casos confirmados, 12 em investigação, 1 provável e 30 descartados

13 de março – 2 confirmados, 38 em investigação, 1 provável, 33 descartados

14 de março – 7 confirmados, 44 em investigação, 12 prováveis, 40 descartados

15 de março – 8 confirmados, 61 em investigação, 11 prováveis, 47 descartados

16 de março – 18 confirmados, 81 em investigação, 3 prováveis, 81 descartados

17 de março – 19 confirmados (primeiro caso de transmissão comunitária confirmado), 250 em investigação, 3 prováveis, 85 descartados

18 de março – 22 confirmados, 364 em investigação, 3 prováveis, 96 descartados

19 de março – 28 confirmados, 311 em investigação, 3 prováveis, 166 descartados

20 de março – 31 confirmados (1 curada), 289 em investigação, 3 prováveis, 206 descartados

21 de março – 33 confirmados, 318 em investigação, 3 prováveis, 276 descartados

22 de março – 37 confirmados (3 curados), 310 em investigação, 3 prováveis, 375 descartados

23 de março – 42 confirmados (3 curados)

24 de março – 42 confirmados (5 curados)
    
25 de março – 46 confirmados, 1 óbito 

26 de março - 48 confirmados, 3 óbitos

27 de março - 57 confirmados, 4 óbitos

28 de março - 68 confirmados, 9 curados, 5 óbitos

29 de março - 73 confirmados, 11 curados, 5 óbitos

30 de março - 77 casos, 13 recuperados, 6 óbitos
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid-19: Taxa de isolamento social no Recife cai para 45%
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Manifestações por morte de garoto, Weintraub presta depoimento na PF e inquérito de facada arquivado
Covid-19: Brasil tem novo recorde diário de mortes
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco