Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Coronavírus

Santuário de São Severino dos Ramos, em Paudalho, foi interditado a partir deste domingo

Publicado em: 22/03/2020 18:05

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Devido à pandemia do novo coronavírus, a partir deste domingo (22) as atividades do Santuário de São Severino dos Ramos, localizado no município de Paudalho, na Mata Zona do estado, serão interrompidas por tempo indeterminado. A suspensão das celebrações e peregrinações ao local, que é um dos principais polos de romaria do país, atende as normas instituídas no Decreto Municipal Número 122, de 17 de março de 2020, que veta eventos com grande quantidade de pessoas. A norma tem o intuito de evitar a proliferação da Covid-19, doença provocada pelo novo vírus.

Desde abril de 2018 a romaria de São Severino dos Ramos é reconhecida por lei como patrimônio cultural, religioso imaterial no município de Paudalho. O tradicional “Domingo de Ramos” atrai milhares de pessoas vindas de várias partes do Brasil. “Devemos evitar ao máximo grandes aglomerados (…) a partir de domingo São Severino estará fechado para as procissões e é bom que a gente observe tudo isso e tome certas precauções se recolhendo um pouco.”, explica o Padre Pedro Francisco do Nascimento.

A interferência nas atividades foi anunciada por meio de nota divulgada pela Diocese de Nazaré, a qual a Paróquia de Paudalho faz parte. No texto, constam recomendações aos fiéis católicos de como agir mediante a situação emergencial. Além da interdição do santuário, há instruções para a suspensão da catequese (primeira eucaristia, crisma e catequese de adultos), cursos, escolas de fé e Escola Teológica. Assim também como encontros, confraternizações, procissões públicas, vias-sacras públicas, encenações da Paixão de Cristo, festas, eventos e aglomerações acima de 100 pessoas até o dia 30 de abril. Também estão suspensos os mutirões de confissão e os batismos que tenham grandes concentrações.

Ainda de acordo com a nota, os fiéis poderão optar em participar das celebrações das Missas dominicais e nos demais dias de preceito na Igreja, sem aglomerações de pessoas  e recebendo a comunhão somente na mão, ou acompanhá-la pelos veículos de comunicação (TVs, Rádios, internet e demais meios católicos). Aos idosos e demais pessoas que fazem parte do grupo de risco para desenvolver o Covid-19 é reforçado que a liturgia seja acompanhada de suas casas. Os fiéis ainda são instruídos a evitarem o aperto de mão, a omitirem o abraço da paz , a não rezar a oração do Pai-Nosso de mãos dadas e a receberem a comunhão na mão.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Unicap continua com as inscrições abertas para Vestibular 2022
Bruno Becker, da chapa Náutico Sustentável, divulga projetos para o Timbu
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Romero Sales Filho (PTB)
Grupo Diario de Pernambuco