Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

coronavirus

Isolamento social em bairros do Recife será monitorado através de ferramenta de localização

Publicado em: 24/03/2020 16:20 | Atualizado em: 24/03/2020 18:28

 (Foto: Débora Eloy/DP)
Foto: Débora Eloy/DP

A Prefeitura do Recife divulgou, na tarde desta terça (24) em coletiva de imprensa, o lançamento de uma ferramenta de monitoramento de isolamento social para prevenção da Covid-19 nos bairros da cidade. A nova medida integra as ações do Plano Municipal de Contingenciamento do novo coronavírus. Através dela, será possível saber onde a orientação de ficar em casa está sendo cumprida e onde será necessário aplicar novas ações para que mais pessoas estejam protegidas. Para isso, cerca de 700 mil smartphones estão sendo monitorados desde o sábado através do uso do GPS. A ferramenta foi desenvolvida em parceira com a empresa pernambucana de geolocalização In Loco. 

 

"Esperamos que com essa ferramenta consigamos monitorar ainda mais os bairros, garatindo que as pessoas continuem em casa. Isso irá ajudar a gestão e orientar melhor os lugares onde as informações não chegam de forma efetiva", explica o prefeito Geraldo Julio. A plataforma já reúne informações do sábado, domingo e segunda-feira. "Notamos que no domingo tivemos uma quantidade maior de pessoas que cumpriu o isolamento e ficou em casa", relata. Para o monitoramento ser efetivo, os celulares precisam estar com os GPS ligados.


Até o momento, o bairro do Paissandu, no Centro do Recife, registrou o melhor resultado de isolamento social (67%). "Os números vão nos mostrar os bairros com menos índices de confinamento e, com isso, iremos orientar a população desprotegida através de SMS ou notificações em aplicativos que o usuário faça uso nos seu smartphone, além de intensificar ações da Guarda Municipal, controle urbano e carros de som", explica Geraldo.

De acordo com o prefeito, não há como ter uma porcentagem ideal. "Usaremos como referência os bairro com maior índice de isolamento e vamos trabalhar para fazer com que os demais aumentem os seus números. O objetivo é coletivo, para todo mundo ajudar a atingir um alto número de pessoas isoladas na cidade. Sabemos, entretanto, que não chegaremos em 100% de isolamento porque as pessoas que realizam serviços essenciais precisam sair pra trabalhar", explica o gestor. O prefeito destaca, ainda, que os dados são usados de forma coletiva, mantendo a privacidade de todos os moradores. 


"É a primeira ferramenta digital que estamos colocando em prática. E a expectativa é que, com o uso de tecnologia, possamos alcançar um impacto maior", explica. A Prefeitura destacou, ainda, que o aplicativo Movimenta Recife, com práticas de atividades físicas, está sendo usado por mais 13 mil usuários desde a última quarta-feira, quando entrou em funcionamento. "É muito importante que a gente mantenha as ações necessárias que a gente possa diminuir a velocidade com que esse vírus de espalha no país", ressalta. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais lidas

mais lidas

De 1 a 5: discos da música brasileira para ouvir na quarentena
Barrados na quarentena   o drama de quem não pode ficar em casa durante a pandemia
Resumo da semana: amor na pandemia, confinamento rastreado e mortes por Covid-19 em Pernambuco
Coronavírus: Como fica a distribuição de merendas na rede municipal do Recife
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco