Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

UNIÃO

Em meio à pandemia, juiz faz casamentos no Recife por chamadas de vídeo no celular

Por: FolhaPress

Publicado em: 31/03/2020 14:26 | Atualizado em: 31/03/2020 14:50

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução

"Viviane Mendonça da Silva, é de livre e espontânea vontade que deseja se casar com Aquiles Liz Neto?" A clássica indagação que oficializa o casamento civil foi feita pelo juiz da 1º Vara de Família do Recife, Clicério Bezerra, a partir de uma chamada de vídeo por celular.

Do escritório de sua casa, ao escutar o "sim" da noiva do outro lado da tela, o magistrado deseja felicidades e oficializa a união. "A partir de agora, considerem-se civilmente casados, marido e mulher", finaliza.

Logo no início da chamada, o juiz explica ao casal que o ato será rápido e simples. Ressalta também que ninguém imaginaria que fosse se casar de maneira tão inusitada.

"Mas, infelizmente, é o que podemos fazer hoje para não frustrarmos a expectativa de vocês e também não colocarmos em risco a nossa saúde e de outras pessoas", diz Clicério.

Desde o dia 16 de março, o TJ-PE (Tribunal de Justiça de Pernambuco) anunciou uma série de medidas restritivas em razão do avanço do coronavírus.

Entre outras ações, estão a suspensão presencial nas unidades judiciais e administrativas, paralisação de audiências, dos prazos judiciais e também dos processos físicos.

Grande parte dos servidores está executando o trabalho de maneira remota.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Um ato por justiça e solidariedade
Resumo da semana: criança morre ao cair de prédio e reabertura pós-quarentena
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Covid-19 põe indígenas amazônicos em grande risco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco