Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Covid-19

Drive-thru acelera vacinação contra a gripe e campanha deve atingir 25% da meta em dois dias

Publicado em: 25/03/2020 13:36 | Atualizado em: 25/03/2020 14:22

 (Foto: Leandro de Santana/Esp. DP.)
Foto: Leandro de Santana/Esp. DP.

A campanha de vacinação contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B, principais causadores da gripe, apenas começou, mas já atinge números significativos que mostram a conscientização dos moradores do Recife. Só nos dois primeiros dias de de atividade, iniciadas na última segunda-feira (23), cerca de 130 mil pessoas devem receber a imunização, representando mais do que 25% da meta inicial estipulada pela Prefeitura do Recife.

“Uma procura intensa. Começou a vir mais gente desde que a informação foi melhor divulgada. As pessoas estão buscando mais a vacina agora. Desde a segunda-feira, vacinamos quase 130 mil só nessas últimas 48 horas. É mais de 20% da população que a gente espera vacinar em 18 dias”, relatou a coordenadora do posto de atendimento drive-thru localizado no Parque Urbano da Macaxeira, Lara Hazin.

A modalidade itinerante, tem ajudado a acelerar o crescimento do atendimento na cidade. Só no posto da Macaxeira, em uma faixa reservada da Avenida Norte no sentido subúrbio/cidade, a coordenadora calcula um total de 2 mil doses aplicadas. Outros pontos da cidade também devem receber a modalidade de atendimento, sobretudo em shopping centers. A medida evita serve para descongestionar os postos de saúde e evitar que os idoso entrem em contato com possíveis doentes infectados com o coronavírus da pandemia de Covid-19.

“É uma estratégia do município do Recife para tirar os idosos das unidades de saúde, porque a gente entende que é lá que as pessoas doentes estão, e com isso proteger esse pessoal mais vulnerável. Estamos trazendo a vacinação tanto para as escolas municipais que estão fechadas como para esse drive-thru aqui na Macaxeira e também no Shopping Rio Mar”, destaca Lara.

Além dos idosos, os profissionais de saúde também fazem parte do primeiro grupo de prioridades na imunização, diferentemente das últimas edições da campanha de vacinação contra a gripe, quando crianças e mulheres grávidas tinham a prioridade. A medida serve para tentar frear a pandemia no Recife. “Nesta primeira fase, é para as pessoas mais vulneráveis (ao coronavírus), que são os idosos e os profissionais de saúde que estão no ‘front’, atendendo às pessoas doentes (de Covid-19)”, explica a coordenadora.

“A gente também orienta os idosos sobre a importância de ficar em casa e ter os cuidados necessários para evitar a contaminação. Estamos passando folhetos e orientando que o mais importante é ficarem em casa. Mesmo saindo hoje para se vacinar como exceção, mas que retornem às suas casas logo em seguida”, completa.

O profissional de saúde Thamis, de 33 anos, também aponta para a importância da campanha com a descentralização dos postos de saúde. “É importantíssimo, porque aqui se evita o contato e proximidade dos idosos com pacientes possivelmente infectados. Dessa forma impede um contágio entre as pessoas.”

O sr. Helio de Melo, de 76 anos, foi um dos muitos idosos atendidos no período da manhã desta terça-feira e destacou a necessidade de manter cuidados contra a gripe, evitando maior exposição à Covid-19. “Para me resguardar. A mim e aos outros, família e meus amigos. Importantíssimo.”

Campanha não prejudica o trânsito
Não dura sequer três minutos entre o motorista encostar o carro na faixa da direita, aguardar a vez do paciente e a conferência do nome e da idade pelos atendentes, até a aplicação da vacina em si. Tanto é que até ônibus também paravam para que passageiros fossem imunizados contra os vírus que causam a gripe.

“Até devido à solicitação do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife, para ficarem em casa neste período de pandemia do coronavírus, o fluxo já diminuiu muito. A via está de certa forma livre e a ação não influencia em nada. O trânsito está fluindo normalmente.”, relata o agente e instrutor de trânsito do Detran, Givanilson Tavares, que aponta os benefícios da campanha em drive thru.

“Está ajudando a população a ter mais idosos que não podem sair de casa a tomar a vacina no drive-thru e voltar para casa rapidamente. No meio da via mesmo, os parente trazem os idosos, e dentro do próprio veículo eles são vacinados e podem retornar para suas casas”, finaliza.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Moderna espera entregar sua vacina antes do Natal
OMS alerta para situação do Brasil e México na pandemia
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/12
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco