Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Polícia

Dois suspeitos de participar de saque a mercadinho no Arruda são presos

Publicado em: 25/03/2020 18:40 | Atualizado em: 25/03/2020 20:52

 (Foto: cortesia/whatsapp)
Foto: cortesia/whatsapp
Dois suspeitos de terem participado da inavsão e do saque a um mercadinho no bairro do Arruda, Zona Norte do Recife, foram presos na tarde desta quarta-feira (25) por policiais civis da Delegacia de Água Fria. Segundo a Polícia Civil, pelo menos dez pessoas teriam participado do saque. O grupo levou cerca de R$ 2 mil em mercadorias. A ação crimininosa ocorreu por volta das 22h desta terça-feira (24) e foi filmada por vizinhos do estabelecimento. Foram essas imagens que ajudaram os policiais a identificar os suspeitos. 

"Os dois suspeitos presos foram identificados por meio de imagens de vídeos da ação, sendo um deles dentro do estabelecimento e outro fora. Como um é menor de idade, será lavrado um boletim de ocorrência contra o mesmo, enquanto o segundo, maior de idade, responderá pelos crimes de furto qualificado e corrupção de menor e será encaminhado para audiência de custódia", informou a Polícia Civil. A expectativa da Delegacia de Água Fria é que novas prisões sejam realizadas nos próximos dias.

O mercadinho arrombado e saqueado fica localizado no cruzamento da Rua Zeferino Agrea com a Rua das Moças. No vídeo que circula pelas redes sociais, é possível ver um painel sendo retirado de dentro do local, com produtos sendo arrancados.

A reportagem não conseguiu conversar com o proprietário do mercadinho para comentar o assunto. Mas de acordo com funcionários, que não quiseram se identificar, além dos produtos saqueados, um computador também teria sido furtado na ação. Vizinhos do estabelecimento reclamam da insegurança nos arredores, como Gilberto, de 58 anos. "Aqui fica um deserto de noite. Quando dá 17h, não fica mais ninguém na rua. A farmácia aqui perto está fechando mais cedo, a padaria anteontem foi arrombada também. É segurança que não tem”, diz.

Denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 181 e 0800-081-5001. “As forças de segurança estão atuando, de forma integrada, sob coordenação do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), para prevenir e coibir qualquer tipo de ação criminosa em Pernambuco, incluindo os crimes patrimoniais, casos de arrombamentos, saques e roubos”, reforçou a Polícia Civil.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Erupção de vulcão na ilha de Java deixou 34 mortos
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Grupo Diario de Pernambuco