Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Pandemia

Bancários estudam agendamento por telefone para evitar aglomerações nas filas durante pandemia

Publicado em: 31/03/2020 12:51

Enquanto aguardam atendimento, os clientes se aglomeram nas filas do lado de fora (Tarciso Augusto/ Esp DP)
Enquanto aguardam atendimento, os clientes se aglomeram nas filas do lado de fora (Tarciso Augusto/ Esp DP)

Em meio a pandemia do novo coronavírus, as ruas do Centro do Recife seguem movimentadas, muito por conta de grandes aglomerações de pessoas nas filas de agências bancárias. Na manhã desta terça-feira (31), idosos, crianças e gestantes estavam nas ruas em busca de atendimento em bancos públicos, como a caixa econômica, ou privados, como o Bradesco e o Santander. 

A concentração de pessoas é justificada com a data do pagamento de salários dos servidores municipais e estaduais e de alguns benefícios sociais. Além disso, as agências também estão regulando a entrada dos clientes, sendo permitido apenas um pequeno grupo por vez. Enquanto aguardam atendimento, as pessoas da fila precisam esperar do lado de fora, no sol ou na chuva.

De acordo com Suzineide Rodrigues, presidente do sindicato dos bancários de Pernambuco, os bancos estão empenhados na construção de uma campanha de conscientização para que os clientes, sempre que possível, encontrem outra alternativa que não os coloque em risco nas filas.

Como solução, Suzineide defende que seja criado um novo sistema de agendamento prévio, para que as pessoas não precisem aguardar nas filas. "É importante que os bancos implantem um sistema eficiente de controle de acesso, para controle exclusivo de quem tiver agendado. Os bancos também estão querendo que as pessoas liguem e agendem. Ligando e agendando não precisa ficar naquele sol quente. A gente também tem que criar um novo hábito de ir aos bancos nesse tempo de coronavírus", explica.

Ainda de acordo com ela, a Caixa Econômica Federal, através do telefone (0800 726  8068), já está fazendo agendamentos de serviços comerciais. Como negociação com clientes que tem contrato de habitação, por exemplo.

Segundo Suzineide, a formalização da proposta para que todos os bancos possam trabalhar com agendamento prévio, foi feita em uma reunião da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) realizada nesta segunda-feira (30). A instituição está lidando com a questão das filas em um comitê de crise. "A gente falou e a Fenaban ficou de estudar a divulgação disso também nas mídias, que eles implantem o sistema suficiente de controle das agências e agendados porque se o idoso liga e agenda o que precisa, a gente poupa alguém do grupo de risco de estar na rua de forma desnecessária". 

No mês de março, o governo de Pernambuco declarou que as aglomerações de pessoas devem ter, no máximo 10 pessoas. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Unicap continua com as inscrições abertas para Vestibular 2022
Bruno Becker, da chapa Náutico Sustentável, divulga projetos para o Timbu
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Romero Sales Filho (PTB)
Grupo Diario de Pernambuco