Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

Perigo

Faculdade de Odontologia tem atividades suspensas por riscos estruturais

Publicado em: 03/12/2019 08:40 | Atualizado em: 03/12/2019 09:03

 (Arquivo DP )
Arquivo DP
A Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOP), em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife, teve suas atividades suspensas na manhã desta segunda-feira (2). A decisão foi feita após alunos da instituição denunciarem a falta de segurança nas estruturas do prédio.

A Defesa Civil, que esteve no local, interditou o prédio. De acordo com os estudantes, os problemas de segurança são facilmente percebidos. A denúncia é que os muros que sustentam os corredores balançam, a fiação está exposta contribuindo para que constantemente falte energia e aumentando o risco de incêndio.  A falta de água é constante, o que motivou os alunos a suspenderem as aulas.

Em nota, a Universidade de Pernambuco informou que as atividades serão relocadas e um nobo cronograma será divulgado.

A Assembléia Legislativa de Pernambuco criou uma comissão para a fiscalizar os problemas estruturais da FOP.

"Há poucos meses a faculdade foi assunto na imprensa devido aos assaltos. Agora é ainda pior. O laudo da Defesa Civil aponta que o prédio precisa ser evacuado por conta de risco de desabamento. São 500 estudantes, 80 professores, além de 100 famílias que moram no terreno da FOP que estão com suas vidas em risco", explicou o Deputado Estadual Wanderson Florencio (PSC).

De acordo com o deputado, a solução é que os alunos passem a também compor o Campus de Santo Amaro.  
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
João e os 50 anos de colunismo social
Comerciantes e moradores da várzea pedem por saneamento básico
Saúde bucal na adolescência
Primeira Pessoa com Wladimir Reis
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco