Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

SAÚDE

Hospital da Pessoa Idosa deve ficar pronto no segundo semestre de 2020

Publicado em: 21/11/2019 13:49 | Atualizado em: 21/11/2019 13:58

Obra do Hospital está 35% concluída. (Foto: Leandro de Santana/DP.)
Obra do Hospital está 35% concluída. (Foto: Leandro de Santana/DP.)
Com 35% das obras concluídas, o Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa deve ser entregue no segundo semestre de 2020. A unidade está sendo construída na Avenida Recife, no bairro da Estância, próximo ao Hospital Geral de Areias. O orçamento total da obra é de R$ 25 milhões dos cofres municipais e o terreno foi cedido pelo Governo do Estado. O hospital irá atender pacientes tanto da capital, como de outros municípios pernambucanos.

Somente no Recife, 200 mil pessoas estão na faixa etária a cima dos 60 anos. Segundo estimativa da Secretaria de Saúde do Recife, mais de 70% dessa população é atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além de oferecer atendimento voltado para doenças que acometem a população idosa, como hipertensão e diabetes, a unidade de saúde deve desafogar outros hospitais da rede pública.

"A gente espera que o hospital contribua para a reorganização de toda a rede. Vai ser integrado com a política de prevenção que é feita na atenção primária. Na atenção especializada, inclusive com exames sofisticados, sem dúvida, vai ajudar a diminuir a pressão das filas de espera e poder fazer com que o atendimento seja mais rápido e de melhor qualidade", comentou o secretário municipal de Saúde, Jailson Correia.

A estimativa é de que quando estiver em operação, o hospital crie diretamente 400 postos de trabalho só de profissionais de saúde, sendo 70 médicos, 100 profissionais de nível superior, como enfermeiros e assistentes sociais, além de 200 profissionais de nível médio e técnico. Ainda no primeiro semestre de 2020, a Prefeitura deve lançar um edital de convocação para seleção pública. A capacidade é de oferecer 8 mil consultas, 700 internações e realizar 500 cirurgias por mês.

Prefeito do Recife, Geraldo Júlio, vistoria construção. (Foto: Leandro de Santana/DP.)
Prefeito do Recife, Geraldo Júlio, vistoria construção. (Foto: Leandro de Santana/DP.)

"Cada dia mais tem gente precisando do SUS por estar perdendo seus empregos de carteira assinada. Vamos atender a essa população, sobretudo a parte de prevenção, que é a mais importante porque a gente gera qualidade de vida e esse é o grande objetivo do Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa. A Prefeitura está investindo dentro de uma estratégia de atendimento à saúde que é para atender aqueles espaços abertos que existem em toda a rede assistencial", comentou o prefeito do Recife, Geraldo Júlio.

O Hospital terá três prédios, que estão sendo erguidos em um terreno de 8 mil metros quadrados. Ao todo, serão 72 leitos nas enfermarias e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quatro salas de cirurgia, farmácia, ambulatório e 13 consultórios. Entre as especialidades médicas estão Cirurgias Geral, Vascular e Plástica, Clínica Geral, Geriatria, Neurologia, Cardiologia, Anestesiologia, Urologia, Proctologia e outras. No local, também serão ofertados exames de Patologia Clínica, Ultrassonografia, Ecocardiograma, Eletrocardiograma, Eletroencefalograma, Endoscopia, Colonoscopia, Tomografia, Ressonância Magnética, Urodinâmica, Eletroneuromiografia e Radiologia.

O hospital em números 

200 mil é a estimativa da população idosa no Recife
R$ 25 milhões é o investimento municipal na construção do hospital
8 mil m² é a área do hospital
5 mil consultas serão oferecidas a esse público quando a unidade estiver pronta
300 internações por mês
300 cirurgias mensais por mês
400 profissionais de saúde, sendo 70 médicos
70 leitos, sendo 10 UTI’s, 62 enfermarias, 6 de recuperação pós-anestésica
4 salas de cirurgia
1 farmácia
1 centro diagnóstico
1 ambulatório com 13 consultórios

Fonte: Secretaria de Saúde do Recife.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
De 1 a 5: entenda as diferenças entre os tipos de exames para a Covid-19
Bolsonaro convida Temer para missão no Líbano
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura de Jaboatão Adelson Veras
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco