Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

SAÚDE

Hospital da Pessoa Idosa deve ficar pronto no segundo semestre de 2020

Publicado em: 21/11/2019 13:49 | Atualizado em: 21/11/2019 13:58

Obra do Hospital está 35% concluída. (Foto: Leandro de Santana/DP.)
Obra do Hospital está 35% concluída. (Foto: Leandro de Santana/DP.)
Com 35% das obras concluídas, o Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa deve ser entregue no segundo semestre de 2020. A unidade está sendo construída na Avenida Recife, no bairro da Estância, próximo ao Hospital Geral de Areias. O orçamento total da obra é de R$ 25 milhões dos cofres municipais e o terreno foi cedido pelo Governo do Estado. O hospital irá atender pacientes tanto da capital, como de outros municípios pernambucanos.

Somente no Recife, 200 mil pessoas estão na faixa etária a cima dos 60 anos. Segundo estimativa da Secretaria de Saúde do Recife, mais de 70% dessa população é atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além de oferecer atendimento voltado para doenças que acometem a população idosa, como hipertensão e diabetes, a unidade de saúde deve desafogar outros hospitais da rede pública.

"A gente espera que o hospital contribua para a reorganização de toda a rede. Vai ser integrado com a política de prevenção que é feita na atenção primária. Na atenção especializada, inclusive com exames sofisticados, sem dúvida, vai ajudar a diminuir a pressão das filas de espera e poder fazer com que o atendimento seja mais rápido e de melhor qualidade", comentou o secretário municipal de Saúde, Jailson Correia.

A estimativa é de que quando estiver em operação, o hospital crie diretamente 400 postos de trabalho só de profissionais de saúde, sendo 70 médicos, 100 profissionais de nível superior, como enfermeiros e assistentes sociais, além de 200 profissionais de nível médio e técnico. Ainda no primeiro semestre de 2020, a Prefeitura deve lançar um edital de convocação para seleção pública. A capacidade é de oferecer 8 mil consultas, 700 internações e realizar 500 cirurgias por mês.

Prefeito do Recife, Geraldo Júlio, vistoria construção. (Foto: Leandro de Santana/DP.)
Prefeito do Recife, Geraldo Júlio, vistoria construção. (Foto: Leandro de Santana/DP.)

"Cada dia mais tem gente precisando do SUS por estar perdendo seus empregos de carteira assinada. Vamos atender a essa população, sobretudo a parte de prevenção, que é a mais importante porque a gente gera qualidade de vida e esse é o grande objetivo do Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa. A Prefeitura está investindo dentro de uma estratégia de atendimento à saúde que é para atender aqueles espaços abertos que existem em toda a rede assistencial", comentou o prefeito do Recife, Geraldo Júlio.

O Hospital terá três prédios, que estão sendo erguidos em um terreno de 8 mil metros quadrados. Ao todo, serão 72 leitos nas enfermarias e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quatro salas de cirurgia, farmácia, ambulatório e 13 consultórios. Entre as especialidades médicas estão Cirurgias Geral, Vascular e Plástica, Clínica Geral, Geriatria, Neurologia, Cardiologia, Anestesiologia, Urologia, Proctologia e outras. No local, também serão ofertados exames de Patologia Clínica, Ultrassonografia, Ecocardiograma, Eletrocardiograma, Eletroencefalograma, Endoscopia, Colonoscopia, Tomografia, Ressonância Magnética, Urodinâmica, Eletroneuromiografia e Radiologia.

O hospital em números 

200 mil é a estimativa da população idosa no Recife
R$ 25 milhões é o investimento municipal na construção do hospital
8 mil m² é a área do hospital
5 mil consultas serão oferecidas a esse público quando a unidade estiver pronta
300 internações por mês
300 cirurgias mensais por mês
400 profissionais de saúde, sendo 70 médicos
70 leitos, sendo 10 UTI’s, 62 enfermarias, 6 de recuperação pós-anestésica
4 salas de cirurgia
1 farmácia
1 centro diagnóstico
1 ambulatório com 13 consultórios

Fonte: Secretaria de Saúde do Recife.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Cavani Rosas e o percurso entre a ciência e o sobrenatural
In Set com Alessandra Pires
Tecnologia e inovação aplicadas à educação
Moradores cobram inauguração da Upinha Rio da Prata
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco