Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Operação Papai Noel

Comércio do Centro do Recife fica com reforço policial até o fim do ano

Publicado em: 21/11/2019 20:13 | Atualizado em: 21/11/2019 20:34

Operação Papai Noel começou nesta quinta-feira (21) (Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP.)
Operação Papai Noel começou nesta quinta-feira (21) (Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP.)
As áreas comerciais do centro do Recife terão policiamento reforçado até 31 de dezembro. Iniciada nesta quinta-feira (21), a Operação Papai Noel 2019 quer ampliar a segurança em três períodos importantes: a Black Friday, já no próximo dia 29, Natal e Ano Novo. Antes, só ia até 25 de dezembro. Além da parceria de anos anteriores com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da capital, a ação integrada da Secretaria de Defesa Social (SDS) terá, pela primeira vez, o apoio oficial da Prefeitura do Recife. A tarefa conta com 4.762 postos de trabalho dedicados e investimento extra de R$ 358,4 mil.

A SDS optou por não divulgar a quantidade de agentes por razões estratégicas, além de que um agente policial pode estar escalado em mais de um posto. A Polícia Militar (PM) teve o maior incremento de todos os órgãos envolvidos, com a ativação de 2.280 postos no centro da capital - em 2017 foram 992 e em 2018, 733. “O emprego dos agentes é flexível. Depende dos horários e dias com maior probabilidade de delitos”, explica o secretário-executivo da pasta, Humberto Freire.

O Corpo de Bombeiros têm 1.104 postos, que ajudarão na fiscalização das estruturas físicas de lojas e prédios, além de vistoriar marquises e sacadas. A Polícia Civil conta com 782 postos, para atuar no combate à pirataria, furto de energia elétrica e identificação de suspeitos. Por fim, a Polícia Científica reforça o trabalho com seis postos.

A SDS também irá contar com um drone, cedido pela CDL Recife, para ajudar no videomonitoramento das ruas comerciais. “Há um mês, nos reunimos com o comando da PM para traçar estratégias. Nos preparamos antecipadamente para que o cidadão tenha a sensação de segurança ao fazer suas compras”, afirma o presidente da entidade comerciária, Cid Lôbo. “Estamos na expectativa de ter o melhor Natal dos últimos cinco anos, com aumento de 5% nas vendas, em relação à 2018”, acrescenta.
Operação Papai Noel foi divulgada nesta quinta-feira (21), em coletiva promovida pela SDS. (Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP.)
Operação Papai Noel foi divulgada nesta quinta-feira (21), em coletiva promovida pela SDS. (Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP.)

Prefeitura
A Prefeitura do Recife entra na Operação Papai Noel através da Guarda Municipal e das secretarias de Mobilidade (Semoc) e de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos. A Guarda conta com 492 postos de trabalho, com fiscalizações a pé e de moto, ajudando no trabalho da PM. 

A Semoc entra com 50 agentes de trânsito, para orientar o tráfego nas áreas comerciais. Já a pasta de Direitos Humanos irá por nas ruas 48 educadores sociais, que irão realizar abordagem humanizada de pessoas em situação de rua, e enfrentamento ao trabalho infantil e à exploração sexual.

Diferenças
Diferente de anos anteriores, em 2019 a Operação Papai Noel está restrita ao centro do Recife. Outros batalhões da capital, bem como os de cidades do interior, como Caruaru e Petrolina, terão de desenvolver suas próprias estratégias, atendendo às suas necessidades regionais. 

“Eles estão recebendo cotas extras para fortalecer o policiamento. As unidades recebem orientações para que possam direcionar o efetivo nos períodos de maior aquecimento comercial de suas áreas”, pondera Humberto Freire. Ainda falando de diferenças, a ação da SDS em 2019 voltou a ter mais parceiros. Ano passado só a PM reforçou o patrulhamento.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: adolescente trans ganha novo registro, chacina em Ipojuca e alívio na pandemia
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
OMS descarta transmissão da Covid-19 por alimentos
Suspeito de assassinar blogueiro e filho adolescente em Rio Formoso se entrega
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco