Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

MEIO AMBIENTE

Petróleo chega às praias e ao manguezal do Cabo

Publicado em: 21/10/2019 11:19 | Atualizado em: 21/10/2019 12:14

Material removido da areia da Praia do Paiva e levado para a área de vegetação. Foto: Tânia Passos/DP.
Material removido da areia da Praia do Paiva e levado para a área de vegetação. Foto: Tânia Passos/DP. ()


Enquanto não se descobre a origem do óleo, os danos não param. Novas manchas de óleo apareceram em seis praias do Cabo de Santo Agostinho. O petróleo chegou às águas de Suape, Paraíso, Calhetas, Xaréu, Itapuama e Paiva, além de alcançar a Ilha de Tatuoca e haver a expectativa do óleo chegar à Praia de Gaibu devido à aproximação de uma nova mancha ao litoral do município.

A limpeza das praias no Cabo teve bom resultado graças ao trabalho conjunto de voluntários, funcionários públicos e empresários, que se se uniram para recolher as manchas de óleo nas primeiras horas do domingo. A maior ação ocorreu na Praia de Suape, onde foram recolhidas cerca de 10 toneladas de resíduos.

A primeira das manchas na Praia de Suape foi vista às 5h. O óleo também atingiu parte do manguezal do Pontal de Suape. Uma mancha de aproximadamente 200 quilos foi retirada das águas pelos bugueiros Luiz Carlos Felipe e Roberto Júnior. “Sou morador da praia, vivo do turismo e tenho que fazer a minha parte”, disse Júnior. Equipes também recolheram óleo nas praias do Paraíso e Calhetas.

Os 17 km de praia do Cabo  estão sendo monitorados desde o último sábado pelas equipes da prefeitura, com a ajuda de pescadores e de associações de moradores. “Estamos atentos e vamos conseguir controlar a situação com a ajuda de todos”, disse o prefeito Lula Cabral.

A operação de limpeza das praias e do manguezal contou com a participação de cerca de mil pessoas. Além de voluntários, reuniu equipes da guarda ambiental e defesa civil do município, Marinha, CPRH, Complexo Industrial e Portuário de Suape e Ibama. O Complexo de Suape, por exemplo, doou mil pares de luvas plásticas e 500 sacos para o armazenamento do óleo recolhido. Outras empresas doaram água e alimentos para as pessoas que se envolveram na operação.

Na Praia do Paiva, uma mancha de óleo foi identificada por uma equipe da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes antes de chegar à praia. O material boiava a cerca de 800 metros da areia e foi retirado do mar com o apoio de uma embarcação do município, utilizando-se uma rede.

No estado, manchas de óleo foram encontradas em São José da Coroa Grande, Tamandaré, Sirinhaém, Barreiros, Rio Formoso e Ipojuca.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Crochê, tricô, bordados e aplicações
Trio de Ferro e Decisão Bonito campeão do Pernambucano A2
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco